Apartamento paulista de 134 m² é integrado, bem iluminado e aconchegante

A arquiteta Danyela Corrêa, responsável pelo projeto, focou nessas qualidades para dar à casa também o toque de primeiro lar

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 15h58 - Publicado em 31 jul 2019, 14h55
Gustavo Awad/Divulgação

Para o projeto deste apartamento, na chácara Santo Antônio (São Paulo), a arquiteta Danyela Corrêa buscou dar o toque particular de primeiro lar, ainda que esta tenha sido a oitava morada dos proprietários.

Com 134 totais, o imóvel teve como destaque a sala de TV, que oferece a opção de ser integrada ou não com o restante da sala e a cozinha, anexada à bancada de refeições.

Gustavo Awad/Divulgação

Já o principal desafio foi a distribuição da iluminação: como o apê tem um pé direito baixo2,53 metros apenas –, a arquiteta não pôde usar forro de gesso no processo. A solução encontrada foi fazer apenas dança de gesso no perímetro da sala, mantendo a maior parte do espaço direto na laje.

Gustavo Awad/Divulgação
Continua após a publicidade

“Outro desafio foi que queríamos integrar a varanda, mas o condomínio não liberou”, conta Danyela. “Então revisamos o projeto para manter o caixilho e também a linguagem visual de integração dos espaços”, completa a arquiteta.

Gustavo Awad/Divulgação

Preservando essa linguagem, a arquiteta também garantiu ao apartamento uma grande entrada de luz natural, trazendo vida aos ambientes.

Confira em nossa galeria outras fotos do projeto:

Continua após a publicidade

Publicidade