Casa Created with Sketch.

5 erros mais comuns com tapetes na decoração

Utilizá-los apenas para forrar o piso é um desperdício de seu potencial

 (Reprodução/By Kamy)

Os tapetes são peças com diversas finalidades, porém, é muito fácil se equivocar na hora de inserir na decoração. Para encontrar as formas adequadas de usá-los, não atrapalhar o dia a dia da casa e embelezar o ambiente, a by Kamy, separou 5 erros muito comuns quando o assunto é tapete. Confira: 

 (Skitterphoto/Reprodução)

1. Locais inapropriados

O principal erro cometido ao comprar um tapete é escolher apenas pelos aspectos estéticos e acomodá-lo em um local não apropriado. Dependendo da técnica de fabricação, composição e material, a peça acaba concordando mais com alguns ambientes do que com outros. 

Na hora de selecionar o cômodo leve em consideração o clima da casa, o nível de circulação de pessoas e a presença de umidade.

2. Sala de estar encurtada

 

Um ambiente que reúne moradores e convidados merece um cuidado extra. Para aproximar ainda mais as pessoas nesse espaço é essencial que os tapetes fiquem por baixo de sofás, poltronas, cadeiras e mesas de centro. Colocar à frente dos móveis pode encurtar o espaço e tornar a sala de estar menor.

3. Cuidado com cadeiras e poltronas

 

Para a sala de jantar, tente evitar que as bordas dos tapetes fiquem próximas dos pés dos assentos – para não dificultar a movimentação e evitar acidentes. O ideal é o móvel ficar totalmente sobre o tapete ou fora. Com a primeira opção, reserve uma margem de, pelo menos, 30 cm até a borda.

O tapete também deve ser uma opção apenas para cômodos com bastante espaço entre as cadeiras e as paredes.

 (Anna Shvets/Pexels)

4. Deixe as plantas longe

 

 (Reprodução/By Kamy)

A umidade dos vasos carregados de partículas de terra pode manchar e danificar as fibras com o tempo. Coloque um pratinho para evitar o estrago e acrescente um verde na decoração.

5. Não dobre, não empilhe e não puxe seu tapete

Os tapetes, dependendo do material, podem ser pesados, grandes e delicados. Por isso, evite encontrar maneiras de movimentá-los sem uma ajuda e puxar pelas extremidades, correndo risco de desalinhar a peça.

Na hora de limpar o chão, vire os lados e limpe por partes ou etapas, sempre se certificando que o piso está seco antes de colocar no lugar. Já, ao guardar, a melhor opção é enrolar para evitar dobras e empilhamento, que pode danificar o tapete. Se a escolha não for sazonal, considere um novo uso, vender ou doar.

 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.