Casa Created with Sketch.

Dicas para deixar o quarto mais aconchegante

A arquiteta paulistana Ana Yoshida conta como misturar texturas, cores e estilos para uma decoração especial

Quarto projetado pela arquiteta Ana Yoshida.

Quarto projetado pela arquiteta Ana Yoshida. (Evelyn Muller/Divulgação)

Um dos segredos para trazer aconchego e conforto para um quarto é a combinação cuidadosa entre revestimento de parede, cabeceira e criado-mudo. Falando assim, até parece fácil acertar na decoração do ambiente de descanso. O difícil está em equilibrar, com estilo, os materiais e disposição dos três itens.

Mas não se preocupe! A arquiteta Ana Yoshida reuniu algumas possibilidades de combinação entre os elementos do quarto para te ajudar nessa missão. Confira!

 (Evelyn Muller/Divulgação)

Material versátil que permite várias combinações, a madeira é a aposta da arquiteta para ambientes de aconchego e sofisticação. “É um material que vai muito bem para compor a cabeceira e o criado-mudo. Além disso, ele combina muito com tonalidades como branco e cinza”, explica Ana Yoshida.

Além de ajudar a compor o trio perfeito, os tons quentes da madeira permitem aquecer o ambiente. Foi pensando também nisso que a arquiteta usou, em um dos seus projetos, a madeira freijó para compor a cabeceira. Buscando contrastar com o material, que segue por toda a parede, Yoshida propôs um modelo de criado-mudo branco feito em marcenaria.

Para a parede, ela pensou em um revestimento com desenhos floridos e suaves. “Essa mistura equilibrada entre as cores básicas e a madeira resultou em um quarto bonito e relaxante. Missão cumprida”, explica a arquiteta.

 (Evelyn Muller/Divulgação)

Em outro projeto, a arquiteta decidiu ter a madeira como elemento principal do quarto. O material se estende pelo espaço, integrando cabeceira, criado-mudo e estante de livros. Ana deixou os tons claros apenas para a roupa de cama e paredes, garantindo a harmonia de todo o ambiente.

Outra dica que ela dá para a harmonização dos quartos é deixar a parede em evidência. Para destacá-la, “vale apostar em uma pintura diferente, em um papel de parede ousado ou até mesmo em um quadro bacana”, a arquiteta aconselha.

 (Evelyn Muller/Divulgação)

Já no quarto acima, a fotografia combina com o papel de parede e traz tranquilidade ao ambiente. Além disso, as cores da decoração, como roupa de cama e criado-mudo, equilibram-se e garantem vida e conforto ao quarto.

Uma terceira dica que a arquiteta dá é apostar no rústico. Sempre em alta, esse estilo oferece um visual intimista e charmoso ao espaço. “Os tijolos aparentes são um ótimo recurso para quem deseja criar um refúgio dentro de casa”, finaliza. 

 (Evelyn Muller/Divulgação)

Dessa vez, a arquiteta buscou uma atmosfera rústica e um contraste de materiais entre o revestimento da parede e o mobiliário de laca branca. Para revestir a parede principal, segundo ela, os tijolos de demolição foram cortados pela metade, um a um. O resultado foi um quarto super confortável e cheio de personalidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s