Casa Created with Sketch.

Reforma moderniza apartamento construído nos anos 1980

O imóvel ganhou cara nova com transformações na estrutura e decoração despojada

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

Os 115 m² do apartamento em São Paulo precisavam de mudanças. A construção com mais de três décadas foi herdada por novos moradores, uma família formada por um casal e suas duas filhas. Nas mãos dos arquitetos Renato Andrade e Erika Mello, sócios do Andrade & Mello Arquitetura e Interiores, o apê passou por uma repaginação radical, ganhou espaços integrados, pitadas de urban jungle e elementos despojados.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

Encontros com os amigos fazem parte da rotina do casal. Para atender a essa demanda, a ala social foi reformulada. Logo na entrada, um pequeno living acolhe todos próximos à lareira. O espaço ainda conta com um cantinho para o aparador-bar e uma discreta adega. O tapete de tom esverdeado e o teto de gesso delimitam visualmente a área.

As paredes foram banidas nesta ala. A decisão criou ambientes mais amplos e integrados. A decoração dá conta da segmentação entre cômodos e permite a organização visual.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

Ao lado, o sofá e o teto de madeira apresentam a sala de estar e de TV. No projeto original, o forro se limitava a varanda, mas com a incorporação do espaço ao restante do living, o revestimento foi expandido, reforçando a continuidade entre as áreas. A solução proporciona conforto acústico e térmico, além da sensação de aconchego.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

O mix de texturas e nuances garante uma decoração dinâmica. Na parede da TV, o cimentício confere volume e personalidade. O rack de madeira harmoniza com o revestimento do teto. Já o tapete com estampa chevron é moderno e combina com as linhas retas do sofá.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

O paisagismo interno funciona bem em complemento a paisagem urbana, a influência urban jungle está por todo o estar e se expande para o papel de parede na bancada da cozinha.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

Com cerca de 14 m², a cozinha é um dos espaços que mais sofreu alterações estruturais, ou seja, paredes demolidas. A ideia é ter tudo à mostra e otimizar a circulação, por isso os eletrodoméstico são embutidos. Os armários são feitos sob medida, mesclando o tom de madeira já utilizado na sala e o cinza. Uma porta de vidro de correr separa a lavanderia.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

Enquanto o décor cool predomina na ala social, a íntima é preenchida por elementos suaves e acolhedores. Na suíte principal, os nuances de rosa e os tons amadeirados estimulam uma atmosfera pessoal e relaxante.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

A influência montessoriana aparece no quarto das meninas. O incentivo a independência das pequenas vem lado a lado com a atenção para a segurança, a proteção transparente não cria obstáculos visuais e evita acidentes.

 (Luís Gomes/Casa.com.br)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s