Casa Created with Sketch.

Casa ganha extensão com tijolinhos vermelhos, janelas e muita luz natural

O projeto, do CAIRN Architects, focou em ambientes interligados e confortáveis que se voltam ao jardim da propriedade

 (Peter Landers/BowerBird)

A família desta casa, localizada em Cambridge (Reino Unido) já havia se estabelecido há um tempo quando decidiu ampliar o espaço, adicionando uma extensão ao imóvel. A ideia era que o novo volume comportasse uma cozinha aberta e área de jantar, que seriam o coração da casa onde haveria a reunião dos moradores, uma brinquedoteca para crianças, despensa, home office e banheiro. Com 5 pessoas, era importante que o complexo acomodasse a todos de forma satisfatória.

Outro ponto importante é que eles gostariam de aproveitar o jardim ao máximo, melhorando as conexões visuais e físicas da casa, mas não queriam uma “caixa de vidro”. Desejavam manter uma sensação de solidez e aconchego. Espaços de armazenamento também foram solicitados.

 (Peter Landers/BowerBird)

Desafiados pelo briefing, os arquitetos do escritório CAIRN acolheram todas as solicitações e utilizaram tijolos vermelhos e janelas brancas no exterior. O arranjo de tijolos verticais cria ritmo e relevo para a parte traseira da casa, complementando o estilo “Arts and Crafts” da construção original. 

Veja também

 (Peter Landers/BowerBird)

Enquanto isso, as janelas dão profundidade à fachada e aumentam a sensação de paredes grossas de proteção quando o olhar é de dentro para fora. A nova fachada traz um pano de fundo sólido para o jardim, que se conecta com a casa a partir das janelas que emolduram o exterior.

 (Peter Landers/BowerBird)

Na sala de estar, uma clarabóia central e as várias janelas permitem a entrada de luz solar, enquanto as portas de vidro levam essa luz a outros ambientes. 

O andar térreo foi planejado como um conjunto de cômodos interligados, estimulando o movimento e a interação. Todas as divisões, com excepção dos banheiros, têm mais do que uma porta e foram concebidos espaços cômodos para sentar, sem áreas reservadas apenas à circulação. Alguns quartos são claros e abertos, outros oferecem recantos íntimos para privacidade.

Confira mais fotos do projeto abaixo:

* Via BowerBird

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.