Arquitetura leve e sofisticada dá o tom no projeto deste apê de 150 m²

As arquitetas do Studio Matuti deram uma base minimalista ao imóvel e inseriram as cores pontuais mais fortes desejadas pela moradora

Por Yara Guerra Atualizado em 2 abr 2022, 19h45 - Publicado em 3 abr 2022, 13h00
Sala de estar com décor neutro e minimalista, tapete, cortina e móveis assinados
Miti Sameshima/Casa.com.br

Amante do design brasileiro, a moradora deste apartamento de 150 m² procurou o Studio Matuti para reformar o seu imóvel. Ela buscava reformular os espaços para adequar à sua rotina que, vez por outra, conta com a presença de visitas.

Sala de estar com móveis assinados, decoração neutra e base minimalista
Miti Sameshima/Casa.com.br

“O apartamento tinha uma suíte e dois dormitórios que dividem um banheiro – um usado como escritório e o outro para receber os sobrinhos que dormem lá algumas vezes. Por conta disso, a moradora optou por um banheiro a mais que dividisse o uso entre receber sobrinhos para dormir e, ao mesmo tempo, ser bonito para receber as visitas e ter cara de lavabo“, contam as arquitetas.

Sala de estar com piso de taquinho, móveis assinados e decoração neutra
Miti Sameshima/Casa.com.br

A reforma começou apenas com a troca da parte elétrica e hidráulica antiga, além do banheiro master e do outro – que teria dois usos. Mas as profissionais acabaram modificando o apartamento inteiro com a presença da moradora nele, o que resultou em uma obra mais longa.

Estante em sala com decoração neutra
Miti Sameshima/Casa.com.br

“Fizemos toda uma logística junto à gerenciadora de obras para a moradora se acomodar em um dos quartos e fizemos uma pequena cozinha de apoio enquanto a obra acontecia no restante do apartamento”, explicam.

Veja também

Com exceção do piso de taco de madeira e um dos dormitórios, onde a moradora inseriu seus móveis antigos, todo o restante do apartamento foi trocado.

Continua após a publicidade

Quarto com piso de taco de madeira e décor neutro
Miti Sameshima/Casa.com.br

Como o taquinho era uma característica marcante do apê, as arquitetas tiraram proveito dele para fazer uma marcenaria com o mesmo tom, assim destacando-o e contrabalanceando-o com paredes brancas e uma estante leve.

Cozinha com base neutra e pontos de cor azul
Miti Sameshima/Casa.com.br

“Um desafio grande foi manter a nossa linguagem e usar cores mais fortes no living, que foi um pedido da moradora. Acreditamos que houve um equilíbrio entre alguns pedidos dela, como a utilização de algumas cores fortes, e a nossa arquitetura com base neutra, minimalista“, dizem.

Poltrona Mole de Sergio Rodrigues
Miti Sameshima/Casa.com.br

Com madeira e metal como materiais predominantes, o apartamento ganhou uma arquitetura leve e sofisticada. Os janelões trazem a abundância da iluminação natural, enquanto os tapetes e as cortinas proporcionam conforto térmico.

Como a moradora adora design brasileiro, as arquitetas investiram em alguns móveis assinados: “Compramos a luminária de piso Arco de Castiglioni, que é de segunda mão. A mesa lateral do sofá é uma parte de uma estante de Jorge Zalszupin que garimpamos em um antiquário, as cadeiras de jantar de Geraldo de Barros e a Moleca, de Sergio Rodrigues, era um sonho da cliente. No escritório temos também a cadeira LC7 da Charlotte Perriand, outra peça bacana, e o carrinho de chá do Jader Almeida“.

Curtiu o projeto? Então confira mais imagens e detalhes na galeria:

Continua após a publicidade

Publicidade