Casa Created with Sketch.

Apê de 135 m² com área social toda integrada para jovem casal

Assinado pelo escritório Base Arquitetura, uma porta de correr, embutida no painel da TV, separa o espaço de convivência da área íntima no projeto

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

O apartamento de 135 m² foi feito para um casal jovem, alto astral, sem filhos e com 3 cachorrinhos. Eles queriam um lar integrado e que fosse bom para receber os amigos e para isso chamaram o escritório Base Arquitetura. O projeto precisava ter uma área social bem espaçosa e integrada, bem como a incorporação da sala com a cozinha.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Na área íntima, os pediram para transformar a terceira suíte em um closet e banheiro da senhora, assim ficariam com uma suíte master para o casal. Na área social, foi retirada a porta que dava acesso a este quarto e um roupeiro foi posto no lugar.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

As portas da sacada também foram retiradas e as paredes demolidas para integração total entre salas e varanda, nivelando o piso entre os dois ambientes. O mesmo foi feito entre a cozinha e a sala, também em busca de integração.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

A sala ficou ampla e convidativa, como os clientes queriam. Um sofá, que é o “coração” da sala, foi desenhado pelo escritório. A estrutura do encosto é móvel, e, dessa forma, é possível deixá-lo maior como uma chaise para deitar, ou menor, numa profundidade de sofá convencional.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

A área social conta com uma sala de estar, jantar, churrasqueira e cozinha totalmente integrados. Uma porta de correr, embutida no painel da TV, separa o espaço de convivência da área íntima. Nela estão a suíte de hóspedes e a suíte master composta por 2 banheiros e 2 closets.

Veja também

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Norteados pelo conceito aberto, os arquitetos trabalharam com uma base cinza, brincando com tons de cor pontuais na marcenaria e mobiliário. O uso de tons neutros e a utilização de móveis de design limpo e com pés em serralheria, deu leveza ao espaço. Os pontos de cor aparecem nos móveis soltos: cadeiras cor marsala, sofá verde e móvel do bar.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Um dos destaques é um gancho de rede que ficou “escondido” atrás do painel de marcenaria, e uma tampinha pode ser removida quando querem usar a rede. O projeto também conta com muitas áreas de armazenamento, sem criar um ambiente fechado.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

A marcenaria traz unidade a todo o apartamento, os arquitetos fizeram uso de material ripado, puxadores em cava retos e iluminação embutida em todos os móveis. Além disso, o apartamento todo conta com apenas 4 tons de mdf em: o amadeirado itapuã, cinza cristal, verde menta e o branco. E a mesma ideia serviu para os revestimentos, que seguem uma linha entre os tons de cinza e branco.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Assim como a maioria das pessoas, os profissionais do Base Arquitetura tiveram que lidar com o contratempo da pandemia, tendo começado o projeto em maio de 2020. “Foi um desafio coordenar para que tudo saísse no prazo em meio a este contexto.” Conta os profissionais. “Outro desafio foi criar um espaço aconchegante, mas com materiais que fossem à prova de cachorros, fáceis de lavar, etc.”

Veja todas as fotos do projeto na galeria:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.