Apartamento de 143 m² com boas ideias de aproveitamento de espaço

O projeto da arquiteta Cristiane Schiavoni para um jovem casal tem soluções criativas em todos os ambientes

Por Júlia Martinez Atualizado em 17 fev 2020, 16h04 - Publicado em 5 jun 2019, 10h00

Transformar a morada dos sonhos de um jovem casal é um desafio para qualquer profissional. Munida de criatividade, a arquiteta Cristiane Schiavoni encarou o problema de frente e reformou este apartamento de 143 m² usando soluções de aproveitamento de espaço dignas de nota.

Para a decoração, o contato direto com o casal foi fundamental para garantir que a personalidade dos moradores estivesse presente em todos os ambientes. No estar, um colar da habitante serviu de inspiração para tapete desenhado pela arquiteta e executado pela Santa Mônica. Na estante que separa a sala da cozinha, objetos pessoais e souvenirs de viagem dão o toque afetivo.

Carlos Piratininga/Casa.com.br

A área de convivência é composta pela integração do estar com a varanda. A falta de paredes garante luz natural para os dois ambientes. Mas há um truque bem elaborado: uma cortina blackout pode ser abaixada e atuar como divisória no momento em que o casal quiser aproveitar o projetor localizado em cima do bar.

Carlos Piratininga/Casa.com.br

Como boa parte das famílias brasileiras, os moradores deste apartamento desfrutam do café da manhã na cozinha. Pensando nestes momentos, a arquiteta, além de expandir o espaço na reforma, desenhou uma mesa especialmente para as refeições do casal. Encostar o móvel na parede e usar um grande banco ao invés de cadeiras é um bom truque para ambientes com pouca metragem.

Continua após a publicidade

Carlos Piratininga/Casa.com.br

No quarto, o papel de parede estampa a paixão dos moradores por viagens. Pequeno e aconchegante, ele abriga uma penteadeira em tom rosé e uma sapateira.

Carlos Piratininga/Casa.com.br

Uma das soluções mais criativas do projeto se encontra no closet do marido, onde uma cama suspensa e porta antirruído transformam o ambiente em um quarto de hóspedes quando necessário.

Carlos Piratininga/Casa.com.br

Banheiros separados: no da esposa, à esquerda da foto, nichos na parede e diversas gavetas para armazenar produtos de cuidado pessoal. Já no do marido, o tom de cinza nos revestimentos garante tranquilidade e equilíbrio.

Continua após a publicidade

Publicidade