Casa Created with Sketch.

Japão em Sonhos: a expo da Japan House que te transportará para o País

A exposição imersiva na Japan House São Paulo usa projeções e vídeo mapping para criar momentos e locais relevantes da cultura japonesa

 (Danny Rose Studio/Casa.com.br)

Exatamente 17.360 km separam o Brasil do Japão. Bem longe não? Agora nem tanto. No dia 18 de fevereiro, a Japan House São Paulo inaugura a exposição Japão em Sonhos, um projeto imersivo com projeções em grande escala e vídeo mapping. Até o dia 26 de abril, o público poderá viver um pouquinho do Japão daqui mesmo, do outro lado do mundo.

 (Danny Rose Studio/Casa.com.br)

Ao entrar no centro cultural, o visitante irá se deparar com alguns momentos e personagens icônicos da história e da vida japonesa. Alguns deles são:

  • florada das cerejeiras, evento muitíssimo celebrado, que ocorre entre abril e março e marca o início dos novos ciclos. Ele é tão importante que, durante o auge do desabrochar, é até feriado!
  • o festival das lanternas (Tsunan Yuki Matsuri), que também comemora a chegada da primavera. Anualmente, as pessoas se reúnem para soltar lanternas de papel em homenagem à nova estação;
  • a floresta dos yokai, um “bosque encantado” habitado por personagens do folclore japonês, como ogros, raposas mágicas e o sapo traiçoeiro kappa. Yokai se traduz como seres sobrenaturais ou com poderes espirituais.

 (Reprodução/Casa.com.br)

Essa exposição fez sucesso em Paris, na Galeria Lumières. Criada pelo Danny Rose Studio, ela não tem restrição de público e nem de idade. Qualquer um pode entrar e se deixar levar pelas projeções, imagens e sons.

Serviço Exposição Japão em sonhos

Onde

Japan House – Av. Paulista, 52, Bela Vista

Quando

De 18 de fevereiro a 26 de abril

Terça a sábado: 10h às 20h

Domingo: 10h às 18h

Quanto

Gratuito.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.