Museu de fornos de cerâmica na China acaba de ser concluído

O projeto do Studio Zhu-Pei trouxe modernidade às ruínas

Por Larissa Faria 9 out 2020, 06h00

Túneis da obra do Studio Zhu-Pei
divulgação/Studio Zhu-Pei/Casa.com.br

O Studio Zhu-Pei acaba de concluir uma construção grandiosa na província de Jiangxi, na China: o Museu do Forno Imperial de Jingdezhen (Jingdezhen Imperial Kiln Museum), que começou a ser erguido em 2017.

Jingdezhen é uma cidade conhecida pela produção de porcelanas e cerâmicas há mais de 1500 anos. Agora, seus antigos fornos foram homenageados com abóbadas de tijolos nesta construção moderna que valoriza as ruínas do passado.

Túneis da obra do Studio Zhu-Pei
divulgação/Studio Zhu-Pei/Casa.com.br

A iluminação dos túneis é natural durante o dia, vindo de claraboias que antigamente eram o lugar de saída da fumaça dos fornos. Durante a noite, lâmpadas destacam a obra. Na fachada, foram incluídos grandes paredões de vidro e madeira, e, na área interna, escadas permitem o deslocamento nas plataformas. Há, ainda, grandes espelhos d’água ao redor dos fornos.

Túneis da obra do Studio Zhu-Pei

Continua após a publicidade

Publicidade