Casa Created with Sketch.

Casa flutuante: você pode se hospedar em uma, saiba como

Após o sucesso do Altar:Flutuante, um novo refúgio com vista para a Serra da Mantiqueira será inaugurado

O Altar:Flutuante é uma casa que “navega” nas águas da represa Jaguari, em Joanópolis (SP)

O Altar:Flutuante é uma casa que “navega” nas águas da represa Jaguari, em Joanópolis (SP) (divulgação/Casa.com.br)

Casas aconchegantes e com propostas que vão além da acomodação estão entre as que fazem mais sucesso no site de reservas Airbnb. Localizados em belas paisagens, lares que oferecem experiências inovadoras chamam a atenção dos usuários do site, como é o caso do Altar:Flutuante, que começou a receber hóspedes no início deste ano. A casa, que lembra um contêiner, fica sobre as águas da represa Jaguari, a pouco mais de 100 quilômetros de São Paulo.

Dividida entre quartos de casal, banheiro e sala com cozinha integrada, a acomodação é totalmente equipada para a chegada dos visitantes, inclusive com lareira e churrasqueira, vídeo projetor, stand up paddle e caiaques. Experiências também podem ser reservadas junto às diárias, como passeios de barco, a pé ou a cavalo.

 (divulgação/Casa.com.br)

A atmosfera tranquila e a vista exuberante para a Serra da Mantiqueira tornaram o local um sucesso. Com o início da pandemia de Covid-19, a busca por refúgios neste estilo cresceu junto ao desejo das pessoas de se isolar das grandes cidades e se conectar à natureza.

Para não impactar o ambiente em que está instalada, aliás, a casa projetada pela sysHaus tem conceito de design sustentável: a área de 64 metros quadrados (incluindo um deck de madeira) foi construída com madeira de reflorestamento, sistemas para captação de água da chuva, energia solar e tratamento de esgoto.

 (divulgação/Casa.com.br)

A ideia foi expandida com a criação de uma nova casa: também neste ano, foi construído o Altar:Prainha. A nova casa, que também é autossuficiente, recebeu este nome por estar próxima a mesma represa onde se encontra o Altar:Flutuante, tendo fácil acesso a uma “praia” fluvial. A fachada de vidro permite dormir e acordar com uma vista ampla para o céu e as árvores.

Altar:Prainha é o novo refúgio do projeto

Altar:Prainha é o novo refúgio do projeto (divulgação/Casa.com.br)

Tudo foi pensado nos mínimos detalhes para garantir o conforto de até três hóspedes por vez, oficialmente a partir de dezembro. E não deixam a desejar se comparados às grandes grifes hoteleiras – os móveis são da Westwing, as roupas de cama da Trousseau, o colchão Zissou e o projeto luminotécnico de Guilherme Wentz, da Wentz Design.

 (divulgação/Casa.com.br)

“Não estamos nos inspirando em nenhuma tendência de hospedagem. A Prainha é para mim uma continuação do Flutuante, com a ideia de criar uma casa pequena, autossuficiente e que te coloque em contato direto com a natureza”, conta o empresário Facundo Guerra, que idealizou o projeto com o publicitário Rodrigo Martins. Juntos, eles pretendem montar 50 casas neste estilo nos próximos dois anos. 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.