Escritórios na Noruega produzem mais energia do que gastam

A estrutura dos prédios projetados pelo Snøhetta reduz os impactos ambientais

Por Larissa Faria 6 nov 2020, 17h09
O edifício comercial Powerhouse Telemark, do escritório de arquitetura Snøhetta divulgação/Snøhetta/Casa.com.br

Os escritórios estão entre os espaços que mais utilizam energia elétrica, afinal, acomodam diversas pessoas e equipamentos em um único lugar. Mas e se fosse possível construí-los de uma maneira mais sustentável, reduzindo os impactos ambientais? Foi o que pensou o escritório de arquitetura Snøhetta.

divulgação/Snøhetta/Casa.com.br

Os profissionais desenvolveram quatro prédios voltados ao trabalho que têm a proposta de produzir mais energia do que consumir ao longo de sua vida útil. Este conceito de design sustentável é chamado de “energia positiva”.

divulgação/Snøhetta/Casa.com.br

Uma das estruturas da Powerhouse Telemark, que fica na comuna de Porsgrunn, na Noruega, tem onze andares com escritórios tradicionais. Alguns pavimentos também têm áreas de coworking com bar, salas de reuniões e restaurante. A obra de desenho irregular tem painéis solares no telhado e sombreamento natural. O calor é retido pela construção e liberado lentamente, tornando a temperatura dos cômodos mais agradável.

 

Continua após a publicidade

Publicidade