Casa Created with Sketch.

Você sabe quais são os benefícios das flores terapêuticas?

Cada espécie tem sua finalidade e uso principal, mas uma coisa é certa, elas proporcionam muito bem-estar!

 (Divulgação/Reprodução)

Se você acha que as flores são atraentes apenas pela sua beleza, está muito enganado, pois elas também podem ser medicinais e aromáticas! Hoje em dia, a demanda por produtos naturais está se tornando cada vez mais forte. Independente do problema de saúde, os tratamentos usando ervas e óleos essenciais são muito populares.

 (Tua Saúde/Reprodução)

Isso porque, além de serem mais saudáveis – não são agressivos ao organismo ou possuem sem muitas contraindicações -, por que não usar o que a própria mãe natureza criou e ajudar o meio ambiente? Elas são utilizadas na prevenção, alívio ou cura de doenças. Os usos são variados, podendo ser consumidas como chás caseiros e até pomadas e cremes.

O capim-santo, por exemplo, possui folhas que são utilizadas no preparo de chás medicinais e a indústria de aromas as emprega na extração de óleo essencial. Já os brotos jovens são aproveitados como condimento para carnes, saladas, sucos e até mesmo em sobremesas.

Para saber exatamente como cuidar das flores terapêuticas e inseri-las no seu dia a dia, conversamos com a florista Juana Martinez, parceira da Flores Online, que nos passou dicas valiosas!

 (Reprodução/Getty Images)

Qual a melhor forma de cuidar e utilizar?

Antes de efetuar o cultivo de plantas medicinais, aromáticas e condimentares, é necessário conhecer as principais características botânicas, que diferenciam visualmente uma planta da outra, e seus nomes científicos, a fim de evitar confusões, sobretudo, com espécies tóxicas.

 (Universo das Flores/Reprodução)

Faça uma pesquisa para saber sobre suas principais necessidades – em questão de rega, solo, local e iluminação -, e as consuma das formas mais indicadas. Vale lembrar que cada uma possui diferentes propósitos, abrindo uma porta de possibilidades para criar produtos na sua própria casa!

Veja também

Quais as principais espécies e seus benefícios?

 

Arnica

 

Ajuda em contusões, hematomas e no processo de cicatrização.

Eucalipto 

 

Suas folhas podem ser usadas para inalação e descongestão, assim como um expectorante.

Camomila

 

Auxilia nas dores de estômago, no sono, cólicas menstruais e relaxa a musculatura.

Babosa

 

Muito usada no processo de cicatrização com queimaduras e tem um grande poder de hidratação dos cabelos e da pele.

Lavanda 

 

Previne o envelhecimento precoce, combate distúrbios de ansiedade e diminui os níveis de cortisol.

O recomendado é plantar em jardins ou é possível trazer para dentro de casa?

 

A área para cultivo deve dispor de, pelo menos, cinco horas de sol e deve ser feita análise química do solo, que deve ter boa drenagem. A maioria das plantas medicinais produz melhor em solo férteis, leves e arejados, com pH variando entre 6,0 e 6,5.

As plantas medicinais podem ser adquiridas em supermercados, lojas especializadas, colhidas no campo ou cultivadas em em vasos, jardineiras ou hortas dentro de casa.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.