Casa Created with Sketch.

Paralimpíadas: conheça os esportes disputados e designs dos últimos anos!

O evento começou como forma de dar suporte a veteranos da Segunda Guerra Mundial e hoje é disputado por 131 países. Confira alguns detalhes:

 (Ornellas/Reprodução)

Quem aí está com saudade de opinar em competições esportivas que acabou de descobrir? De virar o Bernardinho durante uma disputa de vôlei? De xingar o juiz de ladrão no Twitter? É… a gente sabe que as Olimpíadas deixaram muitas saudades.

Para quem está saudoso disso tudo (como a gente!), trazemos boas novas: as Paralimpíadas estão acontecendo – e, no momento da redação deste texto, o Brasil estava em 10° lugar, contabilizando 8 medalhas. Mas ainda há mais por vir: os jogos começaram no dia 24 de agosto e continuam até 5 de setembro.

Não conhece muito sobre o evento? Para entrar no clima, confira sobre as modalidades disputadas no torneio e o design dos mascotes e emblemas ao longo dos anos:

Jogos Paralímpicos

 

 (Carmen Mandato/Getty Images)

As Paralimpíadas de Verão são um evento multiesportivo para atletas com deficiência que, neste ano, está sendo sediado em Tóquio.

Tudo começou depois que os esportes com pessoas deficientes se tornaram populares após a Segunda Guerra Mundial, quando se buscava dar suporte aos veteranos de guerra.

Em 1944, a pedido do governo britânico, o Dr. Ludwig Guttmann abriu um centro de lesões na coluna vertebral no Hospital Stoke Mandeville na Grã-Bretanha e, com o tempo, o esporte de reabilitação evoluiu para o esporte recreativo e depois para o esporte competitivo.

Em 1948, no dia da abertura das Olimpíadas de Verão de Londres, Guttmann organizou o primeiro campeonato com atletas cadeirantes e o nomeou de Stoke Mandeville Games. Dezesseis atletas participaram, disputando o tiro com arco.

Em 1952, ex-militares holandeses se juntaram à competição e os Jogos Internacionais de Stoke Mandeville Games foram fundados. A primeira edição da disputa – que viria a se tornar os Jogos Paralímpicos – aconteceu em Roma, na Itália, em 1960, com 400 atletas de 23 países.

O badminton paralímpico e o parataekwondo foram incluídos nesta edição dos jogos

O badminton paralímpico e o parataekwondo foram incluídos nesta edição dos jogos (CPB/Reprodução)

Veja também

Desde lá, eles acontecem uma vez a cada quatro anos. Enquanto isso, os jogos de inverno nas Paralimpíadas estrearam em 1976, na Suécia, e também se repetem a cada quatro anos. Nesta edição dos jogos de verão, serão 22 modalidades esportivas disputadas (com o ciclismo dividido em pista e estrada). O futebol de 7 e a vela foram substituídos pelo badminton e taekwondo.

Confira na galeria quais são os esportes disputados e quais as adaptações feitas para o evento:

Mascotes

Os mascotes olímpicos são um dos símbolos mais adorados pelos fãs. Geralmente, eles são criados aos pares – um para as Olimpíadas e outro para as Paralimpíadas.

 (Globoesporte/Reprodução)

Os dois mascotes de Tóquio foram escolhidos por crianças por meio de uma votação que envolveu quase 17 mil escolas japonesas. Miraitowa, o bonequinho azul, é a junção das palavras “Mirai”, que quer dizer futuro e “Towa”, que significa eternidade. Someity, o bonequinho rosa, também foi inspirado na cerejeira. Seu nome significa “muito poder”.

Confira na galeria os mascotes das edições anteriores:

Emblemas

 

Emblema da Paralimpíadas de 2020

Emblema da Paralimpíadas de 2020 (The Olympic Design Dot Com/Reprodução)

O emblema dos Jogos Paralímpicos é composto por três “agitos”, nas cores vermelha, azul e verde, circundando um único ponto, em um campo branco. O agito (“Eu me movo”, em latim) é um símbolo que expressa movimento em linha assimétricas.

Confira algumas versões usadas em anos anteriores:

*Via The Olympic Design Dot Com e Comitê Paralímpico Brasileiro

 

 

 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.