Móveis se movem roboticamente para maximizar ambientes pequenos

Parceria entre IKEA e Ori, Rognan vem para solucionar a falta de espaço em casas e apartamentos

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 16h03 - Publicado em 14 jun 2019, 12h23
Divulgação/Casa.com.br

A empresa sueca IKEA e a startup americana Ori firmaram uma parceria para trazer tecnologia ao mobiliário das casas. Rognan, como foi chamado, é um sistema de móveis que se move de forma robótica para criar áreas mais flexíveis em casas compactas.

Reprodução/Casa.com.br

Revelado na semana passada no Dias de Design Democrático da IKEA, a novidade é fruto da junção entre a plataforma robótica da Ori e do armazenamento Platsa existente da IKEA.

Divulgação/Casa.com.br

Funcional, o sistema se adequa às necessidades do morador: ao apertar um botão, os móveis se retraem em rodas para fornecer mais oito metros quadrados de espaço útil – o que pode transformar uma sala de estar em um quarto ou closet, por exemplo.

Um lado da mobília pode fornecer uma cama dobrada, enquanto o outro poderia oferecer uma despensa e uma área de estar, ou qualquer outra combinação de economia de espaço.

Divulgação/Casa.com.br
Continua após a publicidade

“Em vez de tornar os móveis menores, transformamos os móveis na função que você precisa naquele momento”, explica o desenvolvedor de produtos para as inovações da IKEA, Seana Strawn.

O sistema une em si tecnologias mecânicas, eletrônicas e de software, que se combinam para criar um banco móvel de móveis.

Reprodução/Casa.com.br

A parte robótica cria um mapa do espaço usando aprendizado de máquina nas primeiras vezes em que ele se move pelo chão. Isso permite que o sistema crie uma “imagem” da sala. Daí, o sistema compara esse mapa com outras forças em seu caminho, como uma pessoa sentada ou um item de mobília.

Divulgação/Casa.com.br

A mobília inteligente foi pensada para aqueles que vivem em pequenos espaços dos ambientes urbanos. Ela vem em um momento crucial, no qual 1,5 milhão de pessoas vêm se juntando à população global anualmente.

Com as cidades mais apertadas, soluções que se encaixam no tamanho cada vez menor das casas começaram a aparecer.

Rognan será testado nos mercados de Hong Kong e do Japão a partir do início do próximo ano, com o objetivo de se expandir para outras regiões com um produto adaptado às condições de vida específicas da área.

Continua após a publicidade

Publicidade