Casa Created with Sketch.

Piso escama de peixe e cubo de madeira pontuam apê carioca

O projeto assinado pelo escritório Beta Arquitetura usou muita marcenaria e uma paleta de cores clara

 (Denilson Machado/Casa.com.br)

A família de Antônio, Márcia e seu filho Victor buscavam um novo estilo para sua nova casa, no bairro da Lagoa, Rio de Janeiro. No Instagram, eles encontraram os arquitetos Bernardo Gaudie-Ley e Tânia Braida, do escritório Beta Arquitetura, que assumiram a tarefa de decorar o imóvel de 250 m².

 (Denilson Machado/Casa.com.br)

Os três pedidos dos moradores eram: preservar a vista privilegiada do living da Lagoa Rodrigo de Freitas, instalar um eficiente sistema de ar condicionado central e uma cozinha bem iluminada, em tons claros. O restante ficava por conta dos profissionais.

“O apartamento já apresentava uma planta muito boa. Ele é amplo e possui sala e cozinha enormes, que compreendem 60% do imóvel. Nós, então, adaptamos o espaço aos tempos atuais e às necessidades dos clientes”, afirma Bernardo.

 (Denilson Machado/Casa.com.br)

Isso significou integrar o antigo hall de entrada à sala, o que ampliou o living. A delimitação da área íntima da comum ficou por conta dos revestimentos, feitos de painéis em folha natural de carvalho, sugerindo um cubo de madeira.

Na paleta, predomina o branco, com alguns pontos coloridos nas obras de arte e nos objetos decorativos. Um destaque é o piso de tacos, acomodados no formato espinha de peixe, que foi restaurado.

 (Denilson Machado/Casa.com.br)

A disposição dos quartos foi alterada, deixando espaço suficiente para a criação de um closet para o casal, um banheiro para a suíte do filho e um lavabo. Além deles, o apartamento ganhou um home office e uma sala de almoço. No mobiliário estão presentes peças de grandes designers brasileiros, modernos e contemporâneos, como Sergio Rodrigues e Jader Almeida.

Veja mais fotos na galeria abaixo!

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.