Casa Created with Sketch.

Os 7 piores erros em projetos de decoração

As arquitetas do Spazio Arquitetura trazem algumas dicas para que você não erre na hora de decorar a casa

Decoração é questão de gosto. Sim, a gente sabe. Mas existem alguns mandamentos básicos da arquitetura e do design e ignorá-los pode acabar resultando em um erro de disposição ou composição, prejudicando o décor.

Segundo as arquitetas Sandra Marçal e Christian Faria, do escritório Spazio Arquitetura, é preciso conciliar o desejo de quem mora na casa com estes “mandamentos”, respeitando espaços e medidas e evitando excessos. Mas nem sempre isso acontece.

“O maior erro é não ouvir as necessidades do cliente e tentar impor um estilo”, diz Sandra. Para que nossos leitores se atentem a estas questões, as profissionais listaram os principais erros de decoração. Confira!

 (Divulgação/Casa.com.br)

Pouco Espaço

Em um projeto, é fundamental manter um bom espaço de circulação entre móveis e itens decorativos. Comprar mobília muito grande e não calcular à mão suas medidas é, muitas vezes, uma ameaça ao equilíbrio do décor, que depende também da harmonia entre as cores.

Uma ideia, segundo as arquitetas, é usar cores neutras e “eleger alguns tons que possam aquecer o ambiente ou até mesmo cores frias, mas que se destaquem e que dêem o tom ao espaço”.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Televisão alta ou baixa

A televisão é outro elemento que define o equilíbrio do ambiente. Na sala, o aparelho deve ficar a cerca de um metro do chão, enquanto, no quarto, deve ser instalado um pouco acima – a uma altura de 1,30 m. Também é preciso ficar atento quanto à distância entre o sofá e o aparelho.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Excesso de adornos

Um dos principais erros na hora de montar a decoração é misturar poltronas, sofás, quadros e itens decorativos que não combinam entre si em um mesmo ambiente. “As pessoas vão comprando as coisas sem pensar em como ficariam juntas”, diz Sandra. “O desafio é fazer uma composição harmoniosa com itens diferentes, mas sem abusar do excesso de adornos, principalmente em áreas sociais como a sala”, completa.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Tudo combinando

Com tantos estilos disponíveis, decorar a casa pensando em apenas um é uma falha que acaba deixando o lar sem personalidade. “O lugar deve ter seu DNA e sua história”, diz Christina. “É importante misturar, para que não fique com cara de loja”, afirma a arquiteta, que sugere, por exemplo, a combinação de móveis antigos da família com peças novas.

A dupla é a favor da mistura de estilos diferentes, especialmente do antigo com o contemporâneo.

 (Diuvlgação/Casa.com.br)

Tapete no lugar errado

O tapete, peça importante na decoração, deve ficar no mínimo 20 cm embaixo do sofá, segundo as arquitetas. “Assim, o tecido fica sempre esticado e bonito. Se fica solto, embola com facilidade”, afirmam elas.

Nas laterais, é preciso deixar uma sobra de aproximadamente (5 a 10 cm no mínimo) no tamanho do sofá, pois tapetes muito pequenos podem fazer com que o ambiente pareça menor.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Cuidado com o espelho

Por causa da presença frequente de imóveis cada vez menores, exagerar na quantidade de espelhos nos cômodos tem sido um erro comum. “É um elemento importante que dá sensação de amplitude, mas, quando mal colocado, pode enjoar”, afirmam as profissionais.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Lustres demais: não!

Importantes na decoração, os lustres podem se adequar aos ambientes: os pendentes são suficientes em um espaço e podem ser usados na sala de jantar, no hall e no quarto. Já spots de sobreposição e iluminação embutida são alternativas para outros lugares. 

É importante levar em conta os demais componentes da decoração ao planejar a iluminação de um espaço. “Os acabamentos podem refletir os pontos de luz e trazer desconforto visual“, contam as arquitetas. “Um bom projeto de iluminação é essencial para o resultado final de um bom projeto, assim como um mal projeto de iluminação pode estragar um bom projeto de interiores”, elas afirmam. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s