Casa Created with Sketch.

Como usar quadros na decoração: 5 dicas e uma galeria inspiradora

O elemento versátil abrange diversos estilos e pode transformar qualquer espaço, desde a sala de estar até o vão da escada

Dê adeus para as paredes vazias e monótonas! Os quadros são grandes aliados quando o assunto é decoração. Eles têm o poder de valorizar os mais diversos ambientes e refletir com estilo a personalidade dos moradores.

São muitas as opções e particularidades, indo do clássico ao moderno, das paisagens às concepções geométricas. Pensando nisso, reunimos dicas da designer de interiores Daiane Antinolfi para ajudar na hora de apostar neste recurso atemporal e também montamos uma galeria com 20 ideias para se inspirar!

Projeto assinado pela designer de interiores Daiane Antinolfi

Projeto assinado pela designer de interiores Daiane Antinolfi (Henrique Ribeiro/Casa.com.br)

1. Definir e harmonizar

Antes de tudo é preciso analisar a decoração e o estilo dos moradores. A partir deste primeiro passo é possível definir quais peças serão escolhidas. Harmonizar com o décor é essencial: se o ambiente for clássico, as obras tradicionais são a melhor escolha, por exemplo. Se o espaço for neutro ou moderno, os desenhos geométricos, paisagens e fotografias caem como uma luva. Se o morador já possuir um acervo, a mudança das molduras deve ser cogitada, assim como a adição de novos quadros.

Projeto concebido por Leanne Ford

Projeto concebido por Leanne Ford (Reprodução/Architectural Digest/CASA CLAUDIA)

2. Não existe cômodo certo

O recurso pode ser usado em todos os ambientes: salas, quartos, banheiros e até o cantinho embaixo da escada. Os corredores são uma ótima ideia, como normalmente eles não contam com móveis, os quadros são uma excelente opção para imprimir personalidade sem atrapalhar a circulação.

3. Nem sempre é necessário perfurar a parede

A fita dupla face pode e deve ser usada, pois ela evita os furos na parede! O material só não pode ser utilizado em molduras muito pesadas ou que tenham vidro, já que a queda nesses casos pode gerar acidentes. Outra opção é apoiar os quadros em móveis ou no piso, criando uma decoração moderna e sofisticada.

Projeto do arquiteto David Bastos

Projeto do arquiteto David Bastos (David Bastos/DB Arquitetos/CASA CLAUDIA)

4. Nem muito alto, nem muito baixo

A altura ideal para pendurar os quadros na parede é 1,60 m, contando do chão até o centro da peça. Esta medida permite que a maioria das pessoas aprecie a obra de maneira confortável, sem grandes esforços. Se forem colocados próximos a móveis, como sofás ou aparadores, a distância deve ser de 25 cm. No caso das escadas, a disposição deve acompanhar a inclinação.

5. Monte uma pequena galeria

A gallery wall é tendência no mundo todo. A mescla de quadros com tamanhos e molduras diversos deixa os ambiente mais interessante. Para aderir a moda, é preciso escolher bons elementos e estudar as proporções e medidas. Não há regras para a montagem: o padrão pode ser simétrico, espiral, misturar alturas, ou até apresentar outros elementos, como espelhos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s