Casa Created with Sketch.

Vila movida a energia solar abriga moradores de rua na Holanda

Coloridas e rodeadas de verde, as casas foram construídas para pessoas com dificuldade de convívio em ambientes convencionais

Um escritório de arquitetura na Holanda criou uma bela vila para abrigar pessoas em situação de rua.  Em parceria com a organização de habitação social The Trudo Housing Corporation, o estúdio Elmo Vermijs projetou o espaço especialmente para ajudar e melhorar a qualidade de vida de quem até então tinha somente a rua como moradia.

(Elmo Vermijs/Divulgação)

Coloridas, bonitas e equipadas com energia solar, as casas foram construídas arredores da cidade de Eindhoven para abrigar moradores que sofrem de doenças mentais, dependência química ou que tenham dificuldade de convívio em ambientes domésticos convencionais. Foi a expressão dinamarquesa “Skaeve Huse”, que significa casas especiais para pessoas especiais, que inspirou os arquitetos criados do projeto.

(Elmo Vermijs/Divulgação)

Além de ser sustentável, a energia solar anula custos com a conta de luz. Também foram instaladas grandes janelas, que propicia a entrada de luz natural. Pequenas, as construções seguem uma tendência chamada tiny house, que existe em diversas partes do mundo e incentiva a redução do espaço em que se vive. Cada casa tem um hall de entrada e sala de estar com cozinha e banheiro. 

(Elmo Vermijs/Divulgação)

Grande parte dos abrigos na Holanda são temporários, mas este projeto promove a criação de uma comunidade onde os moradores possam ficar nas casas por quanto tempo desejarem. Todas as construções são interconectadas e rodeadas de verde, que ajudam a manter o espírito comunitário e a combater a solidão e isolamento dos moradores.

(Elmo Vermijs/Divulgação)

A energia solar não só faz as casas ecologicamente sustentáveis, como também anula custos com contas de luz. As casas são propositalmente pequenas e, mantendo toda possibilidade de privacidade, elas são também interconectadas, mantendo assim o espírito comunitário, e combatendo a solidão e o isolamento.

(Elmo Vermijs/Divulgação)

(Elmo Vermijs/Divulgação)

(Elmo Vermijs/Divulgação)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s