Casa Created with Sketch.

Refúgio em Ipanema: apê totalmente integrado e de fácil manutenção

Com atmosfera relax e moderna, este apartamento abre mão do excesso de paredes de alvenaria e investe em espaços versáteis

 (MCA Estúdio/Casa.com.br)

O célebre bairro de Ipanema, no Rio de Janeiro, acolhe o refúgio para descanso de um designer de moda europeu. Com uma vista de tirar o fôlego, o apartamento de 160 m² encanta pela ambientação moderna, pontuada por elementos ímpares.

O visual surpreendente é resultado de uma reforma total, coordenada pelo escritório Intown Arquitetura, dos arquitetos Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz.

 (MCA Estúdio/Casa.com.br)

Repleto de referências para decoração, o layout preliminar foi apresentado pelo próprio cliente. O passo seguinte foi demolir o interior ultrapassado do antigo imóvel, que estava fechado há alguns anos.

Os novos vãos, sem paredes desnecessárias, permitiram a concepção de uma das principais características do projeto: a integração.

 (MCA Estúdio/Casa.com.br)

Não há divisórias físicas entre a cozinha e as salas de estar e jantar. O ripado de madeira na lateral segue sem interrupções até o quarto principal – este revestido por pastilhas azuis, presentes também no banheiro e no closet.

Uma porta de correr possibilita a privacidade entre a suíte e a sala. A opção por esta estrutura fluida permite um fluxo melhor de luz e ventilação natural.

 (MCA Estúdio/Casa.com.br)

A presença da madeira é marcante por todo o apartamento, o recurso surge nas paredes da área social como forma de “esquentar” os espaços. No quarto de hóspedes, o material expande sua atuação, revestindo também o piso.

 (MCA Estúdio/)

Na sala, o piso de epóxi satisfaz uma das principais demandas do cliente: “um material sem juntas e fácil de limpar, como uma pintura”. O revestimento apresentado majoritariamente branco e sem detalhes permite a combinação ousada com outros elementos, por exemplo, os “tapetes” azuis, também feitos em epóxi e desenhados pelo próprio morador.

 (MCA Estúdio/Casa.com.br)

Evitar o rebaixamento do teto foi um dos pedido feito pelo cliente, o que implicou em duas problemáticas: primeiro, o ar-condicionado, segundo, a iluminação.

Para o ar, a solução encontrada foi importar equipamentos especiais do exterior, que foram instalados na altura do chão, dentro do painel que divide a suíte da sala. No caso da luz, os trilhos para a iluminação foram usados, oferecendo também mobilidade no caso de futuras alterações.

 (MCA Estúdio/Casa.com.br)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s