Casa Created with Sketch.

Reforma de prédio em Lisboa traz charme e sofisticação

O prédio estava em ruínas até que o escritório Rar.Studio entrou em ação e deu cara nova à estrutura e aos ambientes

Quando os arquitetos do escritório Rar.Studio se depararam com o que era o prédio Manchester Building para a reforma, o espaço estava praticamente destruído. Os esforços foram investidos, principalmente, porque ainda era possível enxergar o potencial de requinte que algum dia o lugar provavelmente já teve — e voltaria a ter. 

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

A fachada do prédio foi reformada, ainda que mantendo o estilo simétrico para preservar a entrada uniforme do sol no espaço. Para dar mais amplitude e frescor, os arquitetos optaram por uma paleta de cores neutra no interior do prédio — e, de quebra, a composição ficou bastante elegante também. 

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

As escadas que levam até a entrada do prédio também receberam uma atenção especial dos especialistas e foram pintadas e melhor iluminadas para dar mais segurança aos visitantes.

Apartamentos reformados

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

Os apartamentos individuais foram transformados em verdadeiros templos de aconchego e sofisticação. Os arquitetos mantiveram a mesma paleta de cores neutra na composição dos quartos, o que deixa o espaço bem iluminado à luz do dia. Em contraste, os pisos de madeira polida ganham destaque e passam uma sensação mais calorosa ao local. 

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

Toques modernos foram distribuídos em todo o apartamento. Na cozinha e nos banheiros, é possível contar com uma ampla estrutura de pia e nichos marmorizados que se destacam em meio à base neutra.  

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

As cozinhas possuem um tamanho reduzido e, para isso, a escolha de tons claros se mostrou eficaz mais uma vez. Além disso, contar com marcenaria para criar um espaço planejado foi uma solução esperta.

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

Ao adentrar mais profundamente o apartamento, é possível encontrar a verdadeira joia do local: uma pequena varanda com vista para os telhados de terracota e blocos residenciais coloridos — muito característicos do estilo da cidade. 

 (Francisco Nogueira/Casa.com.br)

A varanda, apesar de estreita, foi contemplada com itens que mantêm sua profundidade e valorizam o espaço sem comprometer a passagem. Plantas e até uma mesa de madeira foram inseridas para dar vida ao local. Outra marca de tendência foi a escolha do piso de cimento queimado para compor a decoração do espaço.

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.