Casa Created with Sketch.

Parede de terra batida recebe jardim vertical em casa australiana

O imóvel, do qual se salvou apenas a parede de terra batida após um incêndio, recebeu um décor inteiramente novo feito pelos moradores

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

Em um minuto, você está nos subúrbios de Melbourne (Austrália). De repente, vira uma esquina na estrada principal e descobre uma longa entrada de cascalho, cercada por colinas verdes e terras agrícolas.

É então recebido por um cachorro feliz chamado Barney. Essa é a realidade de Sarah, Brad e sua família, que moram em uma propriedade de 40 hectares e administram seu negócio de design e fabricação de móveis chamado Nicholls Design em um galpão próximo, a uma curta caminhada de sua casa, colina acima.

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

Eles moram na atual residência há 7 anos, depois de um incêndio que destruiu a morada construída anteriormente. A maior parte da estrutura e do conteúdo foram arruinados – a única parte que permaneceu ilesa foi a parede de terra batida entre a área de jantar e dois quartos.

Apesar do trágico incêndio (e com o seguro e orçamento apertado), Sarah e Brad conseguiram reconstruir sua casa – literalmente. O imóvel está cheio de mobílias incríveis, assinadas e projetadas por Brad, ao lado da cozinha que ele também criou. Você pode conferir mais de seus designs no Instagram do profissional.

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

Segundo o casal, a casa tem um estilo country moderno, com influências de meados do século, escandinavas e japonesas. “Nosso estilo é terroso, descontraído, eclético e acolhedor. Gostamos de coisas originais e feitas à mão”, dizem. A inspiração para o décor veio da natureza, de jardins nativos e da vegetação.

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

O elemento decorativo favorito é o jardim vertical na parede de terra batida, que recebe a luz das grandes janelas feitas de madeira reciclada (recuperada de uma antiga fundição na Spencer Street, em Melbourne).

Já o maior desafio foi, de fato, reconstruir a casa após o incêndio. “Nosso seguro era baixo e tivemos que fazer muito trabalho para economizar em custos”, diz o casal.

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

Os amigos do casal, Alison e Leigh Arnold, dizem amar a casa. “Sentimo-nos tão calmos quando entramos na casa de Brad e Sarah. É um espaço naturalmente nutritivo para corpo, mente e espírito. Adoramos a luz natural, as cores e as texturas, e a maneira como a distinção entre interior e exterior é embaçada. Tudo sobre o lugar nos convida a sermos nós mesmos e aproveitarmos a vida”, dizem.

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

“A casa em si tem uma identidade, que vem da maneira como seus criadores teceram beleza e funcionalidade em todos os espaços, todas as peças de mobiliário feitas com cuidado (a poucos metros da oficina de Brad), as plantas repletas de vitalidade pela atenção de Sarah. Há algo muito especial em uma casa que não só foi projetada e construída por seus ocupantes, mas também onde muito do que está dentro também foi feito por eles”, completam os amigos.

 (Natalie Jeffcott/Divulgação)

Como conselho a futuros proprietários, Sarah indica verificar se a casa está devidamente assegurada, especialmente o seu conteúdo.”Costumamos fazer o seguro de nosso conteúdo pensando apenas no caso de sermos assaltados, não no caso de perder a casa em um incêndio e ter de substituir tudo”, comenta ela.

Confira abaixo mais fotos do imóvel:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s