Casa Created with Sketch.

Cores e madeira dão charme a apartamento em Barcelona

O resultado do projeto são ambientes com um toque lúdico e contemporâneo e cheios de luz natural

Um apartamento contemporâneo e lúdico foi o resultado do projeto realizado pelo escritório Bonell Doriga em uma das moradias localizadas dentro do edifício Walden 7, em Barcelona. 

 (Divulgação/Casa.com.br)

O prédio foi construído em 1975 e contava com torres vermelhas de terracota. Atualmente, a fachada do edifício é de um azul vibrante com violeta e amarelo na composição. A ideia do escritório foi aproveitar essas cores do passado e presente para transmitir a atmosfera de fora para o interior do ambiente. “Era essencial que a nossa intervenção estabelecesse uma ligação com a rica trama da arquitetura, mas sem tentar imitá-la”, explica o estúdio.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Os especialistas investiram em uma base neutra com paredes brancas e itens de madeira, enquanto as cores entraram como protagonistas nos móveis em azul e vinho. Os elementos decorativos são simples, mas estrategicamente posicionados de forma a criar harmonia entre as cores e não deixar o local pesado.

Abrir mão das divisórias foi uma ideia esperta que os arquitetos tiveram para melhorar a circulação no ambiente e formar um espaço único mais arejado e cheio de luz natural.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Para separar a sala de jantar e a cozinha, um recorte geométrico sutil foi colocado para criar uma atmosfera intimista, mas preservando a privacidade de cada um dos ambientes.

 (Divulgação/Casa.com.br)

O banheiro contou com uma decoração simples e minimalista, mas que faz uma volta no tempo ao investir em azulejos beges que relembram a história das escadas do edifício na mesma tonalidade.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Na varanda, a cor vermelha profunda se destaca e dá um toque contemporâneo e chamativo. O tom resgata o passado do prédio com a terracota sendo protagonista.

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.