Casa Created with Sketch.

Casa tem teto inclinado e madeira por todos os lados

Com muito charme e atmosfera acolhedora, a construção é a extensão de uma casa antiga e funciona como espaço de convívio da família

 (Tom Blachford/Casa.com.br)

O projeto desta casa em Melbourne, Austrália, mostra como a madeira é um material versátil e pode ser usada de muitas maneiras. Aqui, ela está presente no piso, paredes e mobiliário e cria uma espécie de ninho para os moradores, tamanha sensação de conforto que traz. Assinada pelo escritório Melanie Beynon, a construção é uma extensão de uma casa antiga, criada para abrigar uma família de seis pessoas.

 (Tom Blachford/Casa.com.br)

A arquiteta Melanie destaca a dedicação dos proprietários em participar do projeto. Segundo ela, a habilidade que eles demonstraram na escolha dos materiais e atenção a cada detalhe resultou em um design único e acolhedor em todos os ambientes.

 (Tom Blachford/Casa.com.br)

A casa foi planejada em duas partes: uma para os adultos e outra para as crianças, localizadas em extremidades opostas. A sala de estar ficou na parte central, conectando as duas áreas. O recém-construído living da família é um espaço sensorial, onde destacam-se os painéis de madeira carvalho da Tasmânia e teto inclinado. Para complementar o visual, a arquiteta apostou em tijolos reaproveitados de uma construção antiga e telhas de cerâmica feitas à mão.

 (Tom Blachford/Casa.com.br)

Para completar a atmosfera restauradora que o espaço emana, Melanie desenhou portas de correr, que permitem a entrada de luz natural e leva os moradores a um deck ao ar livre. Do lado de fora da casa, a mesma estética foi usada, onde é possível ver um telhado inclinado, telhas de cedro cru e revestimento de madeira nas paredes, que devem envelhecer com o tempo, criando um novo visual à construção.

 (Tom Blachford/Casa.com.br)

 

Para ver mais fotos deste projeto, acesse a galeria abaixo!

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.