Casa inglesa é reformada e se abre para iluminação natural

O projeto é do escritório Bradley Van Der Straeten, que incorporou janelas de compostos contemporâneos e estética limpa

Por Redação Atualizado em 16 fev 2022, 15h47 - Publicado em 18 fev 2022, 13h00
Casa com jardim vista da cozinha
George Bradley/BowerBird

O principal conceito de design para o projeto desta casa, localizada no Reino Unido, veio da necessidade prática de armazenamento.

A solução apresentada pelo escritório de arquitetura Bradley Van Der Straeten foi inicialmente derivada de duas “bordas” de marcenaria que corriam ao longo das paredes externas do piso térreo – uma empurrando para a frente da propriedade na sala de estar e a outra saindo da cozinha para o jardim dos fundos.

Cozinha de marcenaria
George Bradley/BowerBird

A cozinha se tornou então um espaço interno e externo com a bancada correndo até uma nova janela com portas deslizantes e empilhadas na parte de trás, que permitem que toda a elevação traseira se abra.

Claraboia cozinha
George Bradley/BowerBird

A grande clarabóia  fixa abre a extensão para o céu e deixa entrar a luz do dia. O seu posicionamento permitiu uma grande altura (e, portanto, luz!) na abertura para a sala do meio, anteriormente escura. Ela também garante, porém, que o limite sensível com o vizinho seja mantido consideravelmente baixo, de acordo com os requisitos do conselho local, sem limitar o espaço da cozinha.

Veja também

Casa na Inglaterra com jardim
George Bradley/BowerBird

Mais para trás na planta do térreo, um banheiro oculto foi incorporado e separado da cozinha. Além disso, um cantinho de descanso e uma área coberta foram introduzidos no estreito corredor vitoriano que, tradicionalmente, sofre um pouco de congestionamento quando a família está se preparando para sair.

Continua após a publicidade

Quarto com janelas clean
George Bradley/BowerBird

No andar de cima, foi tomada a decisão de trocar as janelas de caixilhos de madeira quebrada existentes por um composto contemporâneo de madeira/alumínio termicamente eficiente, com funções de abertura modernas.

Escada de madeira
George Bradley/BowerBird

Com a ajuda de uma nova clarabóia no topo das novas escadas, essas novas janelas permitem que a luz do dia ininterrupta se filtre em cada nível e desça através do plano de construção tradicional.

George Bradley/BowerBird

As novas janelas proporcionam uma estética muito clean, tanto interna quanto externamente, combinando as antigas paredes de alvenaria e os tamanhos tradicionais dos quartos com aberturas limpas, maximizadas e contemporâneas.

Curtiu? Confira mais fotos do projeto na galeria:

*Via BowerBird

Continua após a publicidade

Publicidade