Casa Created with Sketch.

Apartamento de 42 m² com charme e ambientes flexíveis

Sem poder derrubar paredes, o arquiteto redesenhou os espaços para se tornarem multiuso e ficarem mais aconchegantes

 (Dentro Fotografia/Casa.com.br)

Com 42 m² — divididos entre quarto, sala, banheiro e varanda —, este apartamento pequeno, em Belo Horizonte, Minas Gerais, passou por uma reforma para ganhar personalidade e se tornar mais aconchegante. O arquiteto Pedro Haruf, que assina o projeto, precisou lidar com a impossibilidade de remoção das paredes, o que limitou as possibilidades, mas, mesmo assim, conseguiu fazer muitas transformações.

Para driblar essa dificuldade, o arquiteto trabalhou com variedade de materiais e acabamentos — todos, aliás, foram substituídos. Entrou em cena, por exemplo, o piso de granilite, que reveste todo o imóvel.

 (Dentro Fotografia/Casa.com.br)

Mesmo sem poder demolir paredes, houve adequação de layout. A sala foi reorganizada para criar maior integração entre os vários usos do ambiente. Ali, havia uma bancada no meio do espaço, que servia para isolar a cozinha, e foi substituída por outra, mais próxima à parede para liberar a circulação e criar uma área mais aberta e com várias possibilidades de uso. Agora é possível usar o ambiente como escritório ou sala de leitura, por exemplo.

 (Dentro Fotografia/Casa.com.br)

A área da cozinha, por sua vez, foi reduzida para adequar o espaço às demandas do morador. Isso foi possível graças à substituição dos armários, feitos de marcenaria sob medida, e à escolha de eletrodomésticos mais compactos, a exemplo da geladeira, que é um modelo especial de embutir.

 (Dentro Fotografia/Casa.com.br)

Para criar uma atmosfera aconchegante, Pedro usou lambri de madeira como acabamento em quase todo o apartamento. Com largura de 3,5 centímetros, as réguas de madeira têm a mesma medida das luminárias em perfil, que puderam ser instaladas em intervalos regulares.

Quanto ao mobiliário, há um equilíbrio entre o clássico e o contemporâneo. Todas as peças são assinadas por designers brasileiros, com destaque para a poltrona Mole, clássico de Sergio Rodrigues.

 

Quer ver mais fotos deste projeto compacto e charmoso? Então, navegue pela galeria abaixo!

 

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.