Esta exposição tem esculturas gregas e Pikachus

O artista Daniel Arsham reuniu obras no estilo greco-romano com esculturas de pokémons para sua recente exposição em Nova York

Por Redação Atualizado em 11 abr 2021, 00h34 - Publicado em 11 abr 2021, 18h00
Imagens do artista e da Galeria Perrotin/Designboom

“Time dilation” (Dilatação do Tempo, em inglês), é a mais recente exposição do artista Daniel Arsham, no Perrotin, New York. Os trabalhos transportam o público para dentro do universo do artista com uma variedade de peças antigas e novas. O que mais chama atenção, porém, são as esculturas clássicas, em estilo greco-romano, postas lado a lado com figuras de pokémons, moldadas em materiais geológicos.

Imagens do artista e da Galeria Perrotin/Designboom

Arsham é conhecido pelo seu trabalho com materiais geológicos, como minerais e cristais. As obras clássicas são uma colaboração do artista com a Réunion des Musées Nationaux – Grand Palais.

Imagens do artista e da Galeria Perrotin/Designboom

Já os adoráveis pokémons foram fruto de uma parceria com a empresa da games, que incluiu até mesmo uma coleção de camisetas para a marca Uniqlo e um Pikachu feito de óxido de alumínio e resina disponível para compra.

Imagens do artista/Reprodução
Continua após a publicidade

“Dilatação do tempo” também inclui as pinturas monocromáticas recentemente concluídas de Arsham, que retratam paisagens naturais habitadas por figuras clássicas.

Um grande fã da franquia, Arsham explicou à Architectural Digest que consegue enxergar uma relação entre Pokemón e o universo greco-romano pela influência da mitologia em ambos, uma vez que muitos pokemóns são baseados em personagens folclóricos japoneses. Além disso, ele aponta que os deuses gregos também eram, na época clássica, como ícones pop.

O que achou dos pokemóns no museu?

*Via Designboom

Continua após a publicidade

Publicidade