Casa Created with Sketch.

Ripas de pinus escondem entrada e as áreas privativas de casa de 300 m²

Com um jogo de geometria e luz e sombra, o arquiteto conseguiu disfarçar a entrada da casa e ainda promover privacidade às suítes e banheiros

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Ao olhar a fachada desta casa de 300 m², em Bragança Paulista (SP), você deve se perguntar: como é que entra? Onde está a porta? Esse é o diferencial do projeto executado pelo escritório OTP Arquitetura, que foi de encontro as soluções padrões usadas em condomínios fechados.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Para isso, a fachada recebe um jogo geométrico e sólido, alinhado à luz e à sombra, que esconde a verdadeira entrada do imóvel – localizada entre a parede de concreto e o volume principal de ripas de pinus auto-clavado.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Após adentrar essa passagem “escondida”, os moradores ou visitante se deparam com um hall de entrada que se assemelha a uma antecâmara, marcada pela luz natural e que define os fluxos da residência.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

A área social é marcada por uma grande abertura ao espaço da piscina, que promove toda a integração com a paisagem natural. Neste ambiente, o pinus também marca presença, não só como elemento estético, mas também como estrutura privativa para as suítes e banheiros.

 (Guilherme Pucci/Casa.com.br)

Voltando a falar sobre a área de convivência, toda integrada, ela agrupa sala de estar, churrasqueira, jantar e cozinha. A decoração mais sóbria promove uma linguagem harmônica em todos os espaços, recebendo o calor característico da madeira. Destaque para o grande móvel linear, que faz essa junção e delimitação de espaços ao mesmo tempo.

Gostou do projeto? Então veja mais fotos na galeria abaixo:

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.