Casa Created with Sketch.

Cobertura dúplex ganha amplitude e décor clean depois da reforma

Truques espertos de marcenaria ajudaram a fazer o espaço render

 (divulgação/Casa.com.br)

Quando o casal proprietário desta cobertura dúplex de 100 m² fechou a compra do imóvel, logo convocou a arquiteta Suellen Figueiredo para elaborar um projeto sob medida para as suas necessidades. “O apartamento fica em um edifício recém-construído e era novo, então estava completamente cru, sem nenhum acabamento anterior”, conta. O maior desafio da profissional, então, foi lidar com os ambientes pequenos e a circulação reduzida.

 (divulgação/Casa.com.br)

Apesar disso, não houve mudanças bruscas na estrutura. “Mantivemos os pilares e vigas existentes, mudando apenas fechamentos de alvenaria. Além disso, havia um terraço coberto, além das varandas da sala e dos quartos. Então, incorporei esses ambientes ao restante do apartamento”, revela.

Assim, o terraço, que fica no piso inferior, ganhou uma cobertura no pergolado, uma janela e teve o piso nivelado para se transformar em um ambiente de estar. “O espaço ficou bastante iluminado e ventilado”, diz. Sala, cozinha e varanda foram integradas e o espaço ganhou, ainda, uma lavanderia. No piso superior, ficam as suítes.

 

 (divulgação/Casa.com.br)

Para aproveitar o espaço da melhor maneira possível, não faltaram ideias elaboradas especialmente para cada canto. Uma delas, é a marcenaria da churrasqueira. Quando o equipamento não está sendo usado, tudo fica fechado, criando uma bancada de apoio extra na cozinha. Na lavanderia a mesma ideia esconde a máquina de lavar. “Esses truques de marcenaria fazem com que a casa fique muito mais organizada quando se recebe visitas, por exemplo. Tudo fica oculto”, explica a arquiteta.

 (divulgação/Casa.com.br)

Outra truque de aproveitamento de espaço foi usado debaixo da escada, onde foi acomodada a despensa da casa atrás de um painel de madeira ripada.

Para criar sensação de amplitude, um dos pedidos dos moradores, Suellen apostou em uma paleta de tons neutros e claros, com toques da madeira freijó para trazer um pouco de aconchego. O cinza predomina em grande parte da marcenaria e o branco foi o tom escolhido para os revestimentos.

 (divulgação/Casa.com.br)

Sobre o projeto de iluminação, Suellen conta que existem sempre de duas a três cenas. “Uma mais clara e funcional para ser usada no dia a dia e outra mais romântica, para ser usada à noite quando os moradores querem uma luz mais fraca para ir ao banheiro ou beber água de madrugada. Tem também uma mais decorativa, iluminando pontos estratégicos da decoração.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.