Casa Created with Sketch.

Escadas multifuncionais: 9 opções para aproveitar o espaço vertical

Extremamente versáteis, veja como você pode ampliar o uso da escada em casa

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

Quer separem quartos, adicionem espaço de armazenamento extra ou tenham uma área de recreação para animais de estimação, há muito tempo as escadas deixaram de ser apenas um elemento que facilitava a circulação vertical. As 9 ideias são prova disso e podem estimular sua criatividade e explorar as possibilidades quanto ao valor que uma escada pode agregar ao seu projeto.

Adega de armazenamento

A Casa REX, projetada pela FGMF Arquitetos, conta com uma escada que também funciona como armazém, permitindo aos seus funcionários manter o estoque de pedidos para entrega de forma acessível e organizada.

Escada com a parte inferior servindo como adega

 (Rafaela Netto/ArchDaily)

Algumas seções da escada de madeira estão localizadas paralelas a uma prateleira de 70 metros quadrados, composta por peças empilhadas de concreto pré-moldado.

Armazenamento Fechado

Escada de madeira com nichos fechados embaixo dela

 (Rafael Schmid/ArchDaily)

A escada projetada pelo escritório Rafael Schmid Architekten para a Lucciola House Renovation funciona como um armário fechado com o mesmo acabamento que os móveis da cozinha, criando um ambiente interno único e integrado.

Nichos abertos

Escada de madeira com nichos abertos embaixo dela

 (Ricardo Santos/ArchDaily)

Ao contrário do exemplo anterior, o elemento central da AT House, projetada pelo Estúdio ODS, é a própria escada. A parte inferior da escada funciona como uma prateleira com nichos abertos no meio da sala de estar. Este conjunto foi executado com um painel de madeira estrutural de 27 mm de espessura.

Exposição de Objetos

Escada branca com degraus em madeira, com a parte inferior dela servindo para expor pequenas esculturas

 (Maíra Acayaba/ArchDaily)

Projetado no “vazio” da escada, esse tipo de móvel pode acomodar uma série de itens diferentes. No caso da Casa Gêmeas, projetada pela Zoom Urbanismo Arquitetura e Design, é utilizada para expor uma coleção de cadeiras em miniatura. Também inclui café aberto e nichos de armazenamento, misturados com armários fechados.

Divisão Interna

Escada de metal preto divindindo dois espaços em um restaurante

 (Nelson Kon/ArchDaily)

No projeto do Restaurante Alameda desenvolvido em parceria entre os escritórios Biselli Katchborian Arquitetos e Zanatta Figueiredo, a escadaria central organiza o espaço funcionando como uma divisória translúcida (que também funciona como “lanterna”) entre duas filas de mesas altas.

escada branca com estrutura de madeira divindindo dois cômodos

 (David Foessel/ArchDaily)

Do mesmo modo, a escada da Reforma do Sótão de Paris , assinada pelo escritório 05 AM Arquitectura, configura-se de duas maneiras em cada piso: no primeiro piso é uma divisória permeável e no segundo torna-se um elemento delimitador. Esta transição funciona devido ao espaço entre as ripas de madeira, que se estreita à medida que os degraus sobem. No andar de cima, a escada também pode servir de assento e armazenamento.

Parte de cima da estrutura da escada em madeira

 (David Foessel/ArchDaily)

Elemento Escultural

As escadas são, em si mesmas, elementos marcantes no meio de um espaço. Quer sejam simples ou sofisticados, é bastante comum que tenham destaque num espaço interior. Pensando nisso, os arquitetos do escritório Vásquez Consuegra projetaram uma escadaria em metal 100% prata que atrai os olhos dos visitantes à Loja MKR, da mesma forma que uma escultura de museu.

escada em formato helicoidal prata

 (Fernando Alda/ArchDaily)

A sua forma helicoidal assemelha-se a um parafuso gigante, criando um eixo de rotação que facilita a articulação dos diferentes pisos.

Cat Playground

Escada rosa para gato com comprimento em torno das três paredes brancas

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

O KC Design Studio desenhou um espaço muito interessante para os animais de estimação que habitam a Cats’ Pink House, utilizando o elemento da escada para criar uma nova topografia para o espaço interior.

escada rosa para gato com uma mesa embutida e uma cadeira na mesma cor

 (Hey! Cheese/ArchDaily)

A escada de design felino usa a mesma cor e materialidade da mesa do escritório, permitindo que o residente humano permaneça conectado com seus gatos enquanto trabalha (quem tem animais de estimação em casa pode imaginar como isso pode ser interessante).

Assentos Coletivos

Escada de uma empresa, com metade dela servindo como acentos

 (Pedro Napolitano Prata/ArchDaily)

A sede do Royal FIC, projetada pelos arquitetos Eduardo Borges Barcellos + Garoa, inclui uma grande escadaria central que pode ser um espaço alternativo para trabalho ou reuniões informais. Também permite que a empresa reúna mais gente para as reuniões, funcionando como um potencial auditório.

Estacionamento de bicicletas

Escada com a parte inferior servindo como vaga para bicicleta Casa GD em Cascais do atelier de arquitetura Esquissos Arquitectos com fotografia de arquitetura Ivo Tavares Studio

Casa GD em Cascais do atelier de arquitetura Esquissos Arquitectos com fotografia de arquitetura Ivo Tavares Studio (Ivo Tavares Studio/ArchDaily)

O uso de veículos alternativos é cada vez mais frequente nas grandes cidades: as bicicletas e as patinetes são as mais populares hoje. Portanto, pode ser interessante usar o espaço sob a escada perto da porta da frente como um estacionamento. Os arquitectos da Esquissos – Arquitectura e Consultoria tiveram esta ideia brilhante quando projetaram a Casa GD.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.