Casa Created with Sketch.

Saiba escolher o melhor tipo de cozinha para sua casa

Lifestyle, funcionalidade e a planta do imóvel devem ser levados em consideração na hora de escolher o formato ideal de cozinha

Para o projeto desse loft, Ieda e Carina Korman, do Korman Arquitetos, optaram pela cozinha em ilha.

Para o projeto desse loft, Ieda e Carina Korman, do Korman Arquitetos, optaram pela cozinha em ilha. (JP Image/Casa.com.br)

De uns tempos para cá, a cozinha ganhou protagonismo nos lares – e não é para menos! Mais do que um local de preparo de refeição, é nela que podem acontecer encontros e conversas regadas a um bom vinho. Por isso, é essencial escolher o formato que melhor atende aos gostos e necessidades da família.

“Existem diversos formatos de cozinha, cada um com sua funcionalidade, determinados pela planta do imóvel ou em reformas posteriores. Para escolher o tipo ideal, é essencial pensar nas medidas do ambiente e no estilo de vida dos moradores”, indica Ieda Korman, à frente do escritório Korman Arquitetos. Ela, ao lado de sua sócia, Carina Korman, separaram diversas dicas e inspirações sobre os principais modelos de cozinha.

Cozinha Linear

Para esse projeto com cozinha compacta, Ieda e Carina Korman optaram pelo formato linear.

Para esse projeto com cozinha compacta, Ieda e Carina Korman optaram pelo formato linear. (JP Image/Casa.com.br)

Segundo Ieda e Carina Korman, a cozinha linear é o tipo ideal para apartamentos pequenos. “Isso porque ela ocupa menos espaço, mantendo-se prática em seu manuseio”, apontam as arquitetas. Como o nome já diz, esse tipo de cozinha se configura em uma linha reta, em que o fogão, pia e geladeira ficam alinhados sobre uma bancada – o que também a faz perfeita para ambientes estreitos. “Para aproveitar mais o espaço, armários superiores ou prateleiras são ótimas opções”, diz Carina Korman.

Cozinha em Ilha

Projeto de loft do Korman Arquitetos utilizou cozinha em ilha.

Projeto de loft do Korman Arquitetos utilizou cozinha em ilha. (JP Image/Casa.com.br)

Apesar de muito amada, a cozinha em ilha é aquela que demanda mais espaço. Ainda assim, é uma bela opção para ampliar e integrar ambientes. Nela, existem normalmente duas bancadas de trabalho – uma encostada na parede, e outra paralela e solta no meio do ambiente, chamada de ilha.

“A ilha pode assumir diferentes funções, desde uma bancada de refeições e até apoio para o trabalho, recebendo cooktop e exaustor”, indica Ieda Korman. Segundo as profissionais do Korman Arquitetos, o essencial é se atentar à circulação do espaço. “É importante deixar ao menos 80 cm livres no entorno da ilha, para que a circulação e uso dos equipamentos não sejam comprometidos”, explicam.

Cozinha em U

Para essa casa de praia, as profissionais do Korman Arquitetos optaram pela cozinha em U.

Para essa casa de praia, as profissionais do Korman Arquitetos optaram pela cozinha em U. (Gui Morelli/Casa.com.br)

Muito funcional e com circulação fácil e bem distribuída, a cozinha em U é perfeita para ambientes amplos e utiliza três paredes para apoiar as bancadas. “Uma de suas vantagens é possibilitar diversas superfícies de trabalho, com todos os setores da cozinha próximos”, diz Ieda Korman. Além disso, é possível dispor diversos armários e gaveteiros no projeto, deixando tudo em seu devido lugar.

Cozinha em L

A cozinha em L desse projeto de Carina e Ieda Korman ganhou até mesmo banquetas, para refeições rápidas.

A cozinha em L desse projeto de Carina e Ieda Korman ganhou até mesmo banquetas, para refeições rápidas. (Gui Morelli/Casa.com.br)

Ótima para otimizar ao máximo o espaço, a cozinha em L prioriza a circulação e funciona em espaços pequenos, pois aproveita bem os cantinhos do ambiente. “O ideal é apostar em móveis sob medida para esse tipo de cozinha, aproveitando cada centímetro”, explicam. Seu formato em L também permite liberar espaço para uma pequena mesa de refeições, por exemplo, transformando o ambiente em uma copa-cozinha.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.