Casa Created with Sketch.

Studio Tan-Gram traz dicas de como usar o backsplash na cozinha

A solução é capaz de proteger as paredes e trazer personalidade para o ambiente

Nesse projeto, as arquitetas Claudia Yamada e Monike Lafuente, do Studio Tan-Gram, optaram por um backsplash feito com revestimento cerâmico, da Lurca

Nesse projeto, as arquitetas Claudia Yamada e Monike Lafuente, do Studio Tan-Gram, optaram por um backsplash feito com revestimento cerâmico, da Lurca (Estúdio São Paulo/Casa.com.br)

Se existe uma solução capaz de transformar a cozinha, aliando estética com funcionalidade, é o backsplash. Também conhecido como rodabanca, trata-se de uma faixa de revestimento que protege a área localizada atrás da pia ou fogão, costumeiramente entre a bancada e armários superiores da cozinha. “Essa região costuma receber muitos respingos de água ou gordura dos preparos dos alimentos e deve, portanto, ser protegida”, explicam as arquitetas Claudia Yamada e Monike Lafuente, sócias do Studio Tan-Gram.

Tendência, o revestimento de tijolinho é destaque no projeto do Studio Tan-Gram

Tendência, o revestimento de tijolinho é destaque no projeto do Studio Tan-Gram (Estúdio São Paulo/Casa.com.br)

Segundo a dupla, toda cozinha se beneficia do backsplash – salvo aquelas em formato de ilha, em que o cooktop fica afastado da parede. “A solução garante maior durabilidade da parede, necessitando de menos manutenção quando comparado à pintura”, apontam. Além da resistência, a aplicação de revestimento no frontão da cozinha é capaz de trazer praticidade ao cotidiano, pois tem uma limpeza facilitada.

“Para não errar, o ideal é optar por revestimentos pouco porosos”, indicam. Isso porque eles não absorvem substâncias e, portanto, não mancham com facilidade. “Cerâmicas, porcelanatos e ladrilhos hidráulicos são opções perfeitas, especialmente os modelos com juntas pequenas, que pedem por menos rejunte”, apontam Claudia e Monike.

Grafismos também podem trazer personalidade para o backsplash, como mostra o projeto do Studio Tan-Gram

Grafismos também podem trazer personalidade para o backsplash, como mostra o projeto do Studio Tan-Gram (Nathalie Artaxo/Casa.com.br)

Além da funcionalidade, o backsplash é capaz de trazer personalidade para a cozinha, modernizando o espaço sem a necessidade de uma grande obra. “Ele também é uma opção econômica, pois permite revestir apenas uma área específica da parede, que precisa de mais cuidado”, dizem.

Ali, é possível brincar com cores, texturas, formatos e paginações diferenciadas, tornando a parede o destaque do ambiente. “Não existe regra na hora de escolher o estilo do backsplash. Tudo depende do lifestyle de quem mora e do estilo de todo o projeto”, apontam as profissionais do Studio Tan-Gram.

O revestimento geométrico foi a escolha do Studio Tan-Gram para o backsplash dessa cozinha, trazendo personalidade para o ambiente.

O revestimento geométrico foi a escolha do Studio Tan-Gram para o backsplash dessa cozinha, trazendo personalidade para o ambiente. (Estúdio São Paulo/Casa.com.br)

Sempre em alta, uma bela opção é apostar em revestimentos que relembram os tijolinhos de metrô. Revestimentos geométricos ou estampados, como os ladrilhos hidráulicos, também são tendência e apostas certeiras. “Para valorizar a solução, é possível apostar em uma iluminação direcionada, ampliando o destaque da parede”, opinam.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.