Diário de Reforma: deixando um apartamento alugado com a sua cara

O @ape.41 mostra o lar que Steffi Hilty criou na Suíça, com fotos adoráveis do seu apartamento com a participação da filha, Liz

Por Marcela De Mingo Atualizado em 21 nov 2017, 11h09 - Publicado em 20 nov 2017, 10h00

Steffi Hilty mora na Suíça com a família, e em um sistema diferente do que poderia acontecer se morasse no Brasil: por lá, ela vive em um apartamento alugado. Não só isso, mas desde que se mudou, ela sentiu a vontade de compartilhar a vida que tinha com os amigos e familiares, que seguem por aqui, e viu nisso a inspiração que precisava para começar uma conta no Instagram em que mostrasse só a sua casa, a @ape.41.

Em entrevista ao portal Casa.com.br, Steffi explica que a motivação ficou mais forte quando ela começou a fazer parte do grupo no Facebook do Apartamento 33, a conta da blogueira Débora Alcântara, onde usuários da rede trocam dicas e inspirações. Ela própria sempre gostou de buscar referências de decoração também – ou seja, mais um empurrãozinho para ter a própria arroba na rede social.

“No começo não esperei muita coisa [do perfil], fiz na empolgação de querer mostrar minhas ideias. Eu acho mesmo que dei sorte de tanta gente acabar gostando do nosso cantinho”, explica ela.

Para Steffi, o mais compensador de ter criado um perfil específico para falar da decoração do seu apartamento alugado foi o carinho que recebeu dos seguidores. Ela, inclusive, diz que esse é o principal motivo de continuar online: a internet facilitou essa ‘troca de figurinhas’, e ela tenta sempre aproveitar isso ao máximo.

Continua após a publicidade

Trabalhando na decoração

Steffi, que vive postando fotos do apartamento com a sua modelo favorita, a filha Liz, diz que quem está começando o processo de decoração precisa sempre focar no que faz bem.

“A decoração, independentemente se estiver na moda ou não, você precisa gostar. Decorar com o coração. Se inspirar é super legal, procurar o estilo que você gosta ou misturar estilos. Eu mesma não acho que tenho um estilo definido, é um mix de coisas que eu gosto e muitos achados”, conta.

Por isso, ela ainda explica o porquê de querer tanto criar um lar na Suíça. Por estar em um país diferente, era importante ter um ambiente aconchegante e que fosse prático. “Eu amo decorar, então, vivo mudando tudomas isso que torna nosso cantinho tão especial. Aqui em casa a gente decora pensando na praticidade x segurança x beleza. O objetivo é se sentir bem, e isso a gente sente desde que se mudou para cá. Desde o comecinho até agora, (e com certeza ainda vai ter muita mudança) a gente sempre amou tudo, só vai amando cada vez mais”, diz.

Clique aqui para ver todos os textos da série Diário de Reforma. 

Continua após a publicidade

Publicidade