Casa Created with Sketch.

6 dicas para planejar um jardim que aproxima as crianças da natureza

Planeje um jardim com elementos exclusivos aos pequenos, aproximando-os da natureza desde cedo!

O contato com a natureza deve ser estimulado desde cedo. Mas como planejar um jardim perfeito que funcione tanto para os adultos quanto para os pequenos curiosos? O paisagista australiano Oliver Sizeland dá dicas para a criação de uma área externa funcional para toda a família, com segurança e atenção aos materiais, layout e espécies de plantas escolhidas: 

1. Qual é a idade dos pequenos?

1-6-dicas-para-planejar-um-jardim-e-aproximar-as-crianças-da-natureza

 (/)

A primeira consideração a se fazer quando planejar um jardim em que as crianças poderão brincar e conhecer a natureza é a idade que elas têm. Os mais novos precisam de mais supervisão e, por isso, é ideal que a área destinada a eles no jardim seja a mais próxima da casa, visível o suficiente para que os pais possam observá-los mesmo que estejam realizando outras tarefas.

 Já os mais velhos costumam preferir privacidade, portanto, um cantinho mais reservado pode ser ideal para eles sentirem que aquele jardim realmente lhes pertence. Um canteiro à parte em que eles podssam cuidar das próprias plantas sem ajuda é uma boa pedida!

Algo que em ambos os casos não deve ser esquecido é manter esses espaços distantes das ruas e calçadas.

2. A grama precisa ser resistente

Você sabia que existem diferentes tipos de grama? Um jardim de casa com crianças precisa de uma variedade mais resistente ou que cresça rápido, suportando as constantes brincadeiras infantis e até mesmo dos pets, se a família os possuir.

A grama esmeralda, conhecida como Zoysia Silvestre, é resistente, possui um tom de verde claro e brilhante e é muito comum nos playgrounds. A grama bermuda, Cynodon Dactylon, também é altamente resistente e se regenera rapidamente, encontrada em campos de futebol e de outros esportes. 

3. Além da grama

O jardim não se faz apenas de grama – principalmente se você quiser incluir uma área social no projeto. Procure sempre por materiais sólidos e seguros para os pequenos, sem muita porosidade, para evitar machucados nas quedas. Sizeland sugere o uso de decks de madeira, que absorvem bem o impacto – mas ressalta que estes também podem ser muito escorregadios dependendo da região, da residência e de sua manutenção.

2-6-dicas-para-planejar-um-jardim-e-aproximar-as-crianças-da-natureza

 (/)

 4. Já pensou em uma casa de clubinho?

Qual criança nunca quis ter seu próprio clubinho secreto ou quartel general? Casinhas de madeira, do tipo casa na árvore, são uma ótima adição ao jardim e serão uma lembrança querida durante o crescimento. Elas também podem ser temáticas: que tal construí-las elevadas, com um escorregador, ou baseada nos livros lidos na hora de dormir, como cabanas na floresta dos contos de fada?

5. Plantas a se evitar

Jardins comuns não precisam de muitas restrições em relação às plantas usadas, a não ser sua adaptação ao clima local. Porém, quando crianças e animais de estimação entram na jogada, é preciso prestar atenção em tudo: desde a espécie e sua toxidade ao adubo utilizado!

Passe longe de espécies que possuem espinhos e folhas pontudas, que podem machucar a pele dos pequenos. Ao comprar novas espécies ou projetar um jardim com um paisagista, pergunte sempre se as flores e árvores plantadas são seguras para todos – pois mesmo as variedades que pensamos ser inofensivas, como oleandro e muitos tipos de lírios, devem ser evitadas. Algumas delas também atraem mais mosquitos, como as bromélias! 

6. Outros detalhes

3-6-dicas-para-planejar-um-jardim-e-aproximar-as-crianças-da-natureza

 (/)

Para interessar os pequenos no jardim, crie outros atrativos no ambiente. Pense, por exemplo, em fazer uma caixa de areia com um deck de madeira por cima. Como as caixas podem ser fechadas, a área ganha dois usos. Caminhos de pedra também incentivam a aventura e a imaginação.

Outro ponto importante é conscientizar as crianças sobre o cuidado com as plantas. Incentive-os ao regar o jardim e construa até um pequeno terrário em vaso de vidro, plantando ervas aromáticas, para que eles possam acompanhar o crescimento das plantas desde as raízes – e assim aprender a respeitar o paisagismo de casa!

Leia também:

11 plantas tóxicas para seu cachorro

Jardim bom para cachorro. E para gato!

Quintal em Porto Alegre tem jardim, horta e espaço para crianças

Fonte: InsideOut

banner_gotoshop_casa

 (/)

Clique e conheça a loja CASA CLAUDIA!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s