Casa Created with Sketch.

O escritório FGMF participa da criação de nova identidade da rede do Ibis

A marca busca promover uma experiência inovadora aos clientes, através da música, abertura e, sobretudo, design

Hotel Ibis São Paulo Expo, na Barra Funda.

Hotel Ibis São Paulo Expo, na Barra Funda. (Divulgação/Casa.com.br)

A marca Ibis, da rede Accor, começou o ano com novas perspectivas. A rede, que sempre foi conhecida por sua padronização, agora vai oferecer hotéis disruptivos, com personalidade própria e designs diferenciados e modernos.

A mudança ocorre a partir de um entendimento de que, hoje, as pessoas se preocupam menos em acumular posses e mais em viver experiências interessantes e enriquecedoras.

Ibis São Paulo Expo, que já conta com o modelo de design criado pela FGMF.

Ibis São Paulo Expo, que já conta com o modelo de design criado pela FGMF. (Divulgação/Casa.com.br)

“O maior desejo da Accor é entregar uma experiência inesquecível para nossos clientes”, diz Paulo Mancio, SVP de Design & Implantação Accor América do Sul. “Algumas formas de oferecer isso são por meio de um jantar inesquecível, um drinque memorável ou mesmo um design que se destaque pela beleza, inventividade e funcionalidade”, completa.

Foi pensando nisso que a Accor passou a investir muitos recursos em design para todas as marcas e espaços da empresa. Os hotéis Ibis ao redor do mundo agora contam com quatro possibilidades de design: a atual e outros três modelos criados pelos escritórios FGMF (Brasil), Innocad (Áustria) e Soda (Japão), escolhidos dentre diversas opções apresentadas, por serem ideais para os mais diversos perfis de clientes.

“Com esses novos modelos de design, teremos uma revitalização tanto das áreas comuns quanto dos quartos, que vai ao encontro da nova proposta Ibis de ser um hotel aberto para todos”, explica Mancio.

No caso do projeto apresentado pelo FGMF, buscou-se criar no lobby um grande espaço conectado com sofás, restaurante e o bar. No Ibis São Paulo Expo, que usa esse design, a fachada de vidro permite que o cliente que esteja dentro do hotel perceba o movimento da rua e vice-versa.

 (Divulgação/Casa.com.br)

O lobby, que ganhou um toque industrial, com o uso de chapas metálicas, pintura cimentícia e instalações aparentes, é conectado com o pizza bar Sponta, permitindo uma maior interação entre os clientes.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Já o Ibis Morumbi, que também recebeu o modelo do FGMF, possui quartos que comportam até seis pessoas. “Esse projeto traz móveis mais modernos e funcionais, como a estante metálica, que substitui o armário e oferece ao hóspede a possibilidade de utilizá-la de diversas formas”, diz Mancio.

Ibis Morumbi, de design da FGMF.

Ibis Morumbi, de design da FGMF. (Divulgação/Casa.com.br)

O design é apenas um dos três pilares na construção da nova identidade Ibis. Os outros dois são a música e o conceito “We Are Open“, no qual todos, não apenas os hóspedes, são convidados a aproveitar os espaços dos hotéis seja para fazer uma refeição no restaurante, um happy hour no bar ou usar o lobby para encontrar pessoas e trabalhar.

“Já a música se tornou um pilar pois, em uma pesquisa em parceria com a consultoria internacional IPSOS, identificamos que as pessoas a consideram um elemento muito importante em seu dia a dia”, conta o SVP. Pensando nisso, o Ibis passou a promover pocket shows de artistas emergentes no lobby e a oferecer uma rádio personalizada com conteúdo inspirado nas playlists exclusivas feitas em parceria com o Spotify.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Além deste projeto recente, a Accor tem três outras novos empreitadas com uma grande aposta em design: Fairmont, marca de luxo que será inaugurada no antigo Sofitel Copacabana, no Rio de Janeiro, ainda neste ano; JO&JOE, hotel que também abrirá suas portas no Rio de Janeiro, em 2021; e a novíssima Tribe, do segmento midscale, que é esperada operar logo mais em São Paulo.

“Na Accor, buscamos trabalhar a criatividade em todos os processos, com o objetivo de desenvolver designs e produtos que inspirem os clientes assim que entram nos hotéis de todas as nossas marcas”, diz Mancio. “Além de inspirá-los, também queremos que essas decorações sejam impactantes o suficiente para que, ao se depararem com uma arquitetura semelhante em algum outro lugar do mundo, lembrem de nossos hotéis”, finaliza.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s