Casa Created with Sketch.

Google usa garrafas plásticas 100% recicladas para produzir novo Nest Mini

A novidade é somente um dos esforços sustentáveis da empresa, que também investiu US$ 150 milhões em produtos de energia renovável

 (Divulgação/Casa.com.br)

O dia 15 de outubro foi, certamente, um marco para uma das maiores empresas do planeta: a Google. Em um esforço para apoiar práticas sustentáveis, a gigante da tecnologia anunciou que, neste ano, todos os produtos Nest vendidos terão plásticos reciclados em sua composição.

Mas a novidade não para por aí – dando um passo adiante, o designer da empresa, Ivy Ross, afirmou que o novo Nest Mini Speaker (seu auto-falante) será feito inteiramente do material reciclado.

A Google lançou o sistema Nest Wi-Fi.

A Google lançou o sistema Nest Wi-Fi. (Divulgação/Casa.com.br)

Reveladas no The Shed como parte do evento Made by Google, as iniciativas surgiram ao lado de um investimento da empresa de US$ 150 milhões em produtos de energia renovável.

A decisão vem pouco tempo depois da Google anunciar que, até 2022, todos os produtos Made by Google incluirão materiais reciclados.

“A sustentabilidade é um dos desafios mais fundamentais da nossa geração. Quando você olha como as coisas são feitas hoje, simplesmente não faz sentido – fabricadas com energia suja a partir de minerais preciosos rapidamente esgotados, para construir algo que se torna obsoleto em pouco tempo e depois é jogado fora”, comenta Ross.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Segundo o executivo da Google, uma garrafa reciclada cria tecido plástico suficiente para cobrir mais de dois Google Home Minis.

“E fizemos tudo isso sem comprometer o estilo ou a cor dos produtos que se misturam a sua casa”, diz. “Em vez desses materiais acabarem nos oceanos ou nos aterros, estamos dando a eles uma nova vida“.

Pixel Buds do Google e o carregador portátil que vem com eles.

Pixel Buds do Google e o carregador portátil que vem com eles. (Divulgação/Casa.com.br)

A chefe de sustentabilidade da Google, Anna Meegan, acredita que, em termos de custo, produzir aparelhos da Google a partir do plástico não é o melhor caminho.

“Do jeito que está, seria mais econômico fabricar esses produtos com plásticos virgens. Mas estamos comprometidos com nossas metas de sustentabilidade“, diz. Além disso, a Google aposta que os produtos ecológicos não são uma moda passageira e que os consumidores vão se engajar.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Enquanto que a cobertura de malha é feita de tereftalato de polietileno (PET) recuperado de garrafas de água de plástico usadas, o corpo do produto usa como matéria-prima CDs e faróis de automóveis antigos.

Pode-se pensar que esse tipo de patchwork resultaria em um produto menos durável, mas não é esse o caso. “Nós fomos além para garantir que essas unidades ecológicas sejam tão confiáveis ​​quanto qualquer outra construída anteriormente”, explica Meegan.

Além do novo Nest Mini, foram anunciados outros lançamentos no Made by Google. São eles o Pixel 4, smartphone atualizado com duas câmeras traseiras; o laptop Pixelbook Go; o sistema de internet sem fio Nest Wi-Fi e o serviço de jogos na nuvem Stadia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s