Governo de São Paulo financiará o restauro da sede do IAB

A novidade foi anunciada durante a inauguração da X Bienal de Arquitetura em São Paulo.

Por Por Luisa Cella Atualizado em 20 dez 2016, 20h50 - Publicado em 16 out 2013, 16h37
02-o-projeto-de-restauro-do-instituto-de-arquitetos-de-brasil

Durante a inauguração da X Bienal de Arquitetura, no último dia 12 de outubro, o secretário de Cultura Marcelo Mattos Araújo anunciou que o governo do Estado de São Paulo vai destinar R$ 850 mil para o restauro da sede paulista do Instituto de Arquitetos do Brasil. Desde o início da sua gestão como presidente do Instituto, em 2012, o arquiteto José Armênio trabalha para melhorar a condição degradada do prédio, localizado no centro da cidade. “O Governo do Estado de São Paulo vai patrocinar com o valor de R$ 850 mil o projeto de restauro do edifício-sede do IAB, num reconhecimento do governador Geraldo Alckmin à importância do Instituto e à relevância daquele edifício para a cidade e para o Estado de São Paulo. É um marco da arquitetura moderna, tombado pelo Condephaat e, portanto, patrimônio cultural paulista”, revelou o secretário Marcelo Mattos à redação.

Segundo o presidente do IAB-SP, José Armênio, a primeira fase de obras deve começar até o final do ano e durar de três a quatro meses. Nesse período, a estrutura da marquise será recuperada, assim com o auditório, que tem problemas de umidade, e será instalado um sistema de proteção contra incêndios. O Instituto segue em busca de apoiadores para as próximas etapas da reforma. “Entramos nessa gestão do IAB com três objetivos: fazer a Bienal da forma como estamos fazendo, iniciar o restauro do prédio e fortalecer institucionalmente o IAB. Posso dizer que estamos conseguindo realiza-los. Claro que temos ainda passos para caminhar, mas o IAB está apontando para um futuro bastante consistente de ação na sociedade”, conta Armênio.

Confira uma matéria sobre a trajetória do prédio, publicada na edição de agosto de 2013 da revista ARQUITETURA & CONSTRUÇÃO.

Continua após a publicidade

Publicidade