Utensílios de plástico são proibidos em nova lei de São Paulo

A lei foi sancionada pelo prefeito Bruno Covas (PSDB) nesta segunda-feira, 13

Por Catraca Livre Atualizado em 17 fev 2020, 15h38 - Publicado em 14 jan 2020, 10h00
Reprodução/Catraca Livre

Após banir os canudinhos, o prefeito Bruno Covas (PSDB) sancionou nesta segunda-feira, 13, uma lei municipal que proíbe estabelecimentos comerciais de distribuírem utensílios plásticos aos clientes. A lei entra em vigor a partir de 1 de janeiro de 2021.

De acordo com o texto aprovado pela Câmara Municipal no dia 10 de dezembro de 2019, fica proibido o fornecimento de copos, pratos, talheres, agitadores para bebidas e varas para balões descartáveis feitos de material plástico aos clientes de hotéis, restaurantes, bares e padarias, entre outros estabelecimentos comerciais.

Quer saber mais? Clique aqui e veja o conteúdo completo da Catraca Livre!

Continua após a publicidade

Publicidade