Como limpar a casa em apenas um dia!

Está precisando limpar a casa e tem pouco tempo? Confira algumas dicas para otimizar a duração da sua faxina!

Por Yara Guerra Atualizado em 17 fev 2020, 16h07 - Publicado em 14 Maio 2019, 17h29
Divulgação/Casa.com.br

Se você está a fim de dar aquela repaginada de cima a baixo na sua casa, mas ainda está meio perdido(a), clicou na matéria certa! Seja para quem quer dar uma cara nova aos ambientes do lar, para quem quer fazer mudanças de impacto mínimo ao ambiente ou quem deseja uma reforma total, separamos algumas dicas fáceis e certeiras que te ajudarão em qualquer um desses objetivos.

Comece pelas as áreas mais sujas

Um conselho valoroso, quando se trata de limpeza de casa, é começar pelos cantos mais sujos. Para se livrar daquela sujeira mais pesada, é importante varrer (ou aspirar) a superfície do piso para, só então, passar a parte mais cuidadosa  esfregar o chão. No banheiro, comece limpando o vaso com a água sanitária e o deixe secar.

Enquanto isso, você pode borrifar a água sanitária também na banheira ou no box do chuveiro. Dê um tempo, limpe a pia e a torneira e depois volte a higienizar o vaso sanitário em seu exterior. Lave o chuveiro e o piso do box. Já na cozinha, comece com o fogão e os balcões.

Women prepare to clean house on wood table Chutima Chaochaiya/Casa.com.br

Deixe a poeira do lado de fora

Não adianta fazer faxina se não existe manutenção dessa limpeza. Para evitar que a poeira, areia, bactérias e produtos químicos passem pela porta de entrada, deixe os sapatos do lado de fora. Também não esqueça de limpar as patas do seu bichinho de estimação! Ele pode não gostar da ideia, mas vai te ajudar a deixar o seu lar mais limpo.

Outra dica importante, nesse sentido, é lavar as mãos toda vez que se chega em casa. Assim, é mais fácil manter os germes longe.

Organize-se

Para evitar maiores estresses, busque também se desfazer do correio desnecessário. Cancele assinatura de correspondências indesejadas (você pode fazê-lo no site do Eco Cycle) e coloque uma cesta para reciclagem na sua entrada. É uma forma de interceptar e destinar melhor as demais.

Continua após a publicidade

Divulgação/Casa.com.br

Se você busca algo além da tradicional faxina sazonal, confira as dicas para mudança de alguns itens do seu lar todas elas sustentáveis!

Madeira sustentável é madeira legal

Ao comprar novos móveis, prateleiras, guarnições ou pavimentos, procure pelo selo da Forestry Stewardship Council (FSC). Ele garante que o material provém de manejo florestal ambientalmente adequado e responsável. 

Para os mais vaguardistas, outra ideia é considerar a compra de madeira recuperada. Além de ser mais forte, estável e resistente aos cupins, ela traz o maior estilo ao ambiente.

Escolha a tinta zero-VOC

Se você procura por tintas, vá atrás daquelas que não possuem componentes orgânicos voláteis. Confira se tanto a base quanto o corante atendem esse padrão.

Marcas estrangeiras, como Benjamin Moore Ben and Natura e a Eco-Select têm esse cuidado e são sustentáveis.

Busque eletrodomésticos de selo “Energy Star”

Refrigeradores com esse selo usam pelo menos 15% menos energia que os demais e 40% menos que os modelos convencionais de 2001 produzidos nos Estados Unidos.

A inciativa foi estabelecida em nome da redução da emissão dos gases de efeito estufa e outros poluentes, causada pela ineficiência do uso de energia.

Continua após a publicidade

Publicidade