Casa Created with Sketch.

13 ferramentas essenciais para fazer pequenos reparos em casa

Confira quais utensílios você precisa ter se precisar furar uma prede, fazer uma pintura ou algum outro conserto simples

Um painel de madeira pode ser útil para pendurar ferramentas e outros utensílios

Um painel de madeira pode ser útil para pendurar ferramentas e outros utensílios (Reprodução/Pinterest)

Ter uma mala de ferramentas em casa é essencial para fazer de pequenos a grandes reparos. Deu vontade de colocar um quadro ou prateleira na parede? Precisa apertar os parafusos de algum móvel? Tudo bem: estas são tarefas relativamente simples, mas que, muitas vezes, são possíveis somente com o auxílio de ferramentas. Afinal, com elas você terá mais precisão, por exemplo, para tirar medidas e fazer furos.

Com o isolamento social, as mudanças e construções tornaram-se ainda mais frequentes. Segundo a fabricante Fischer, de junho para julho de 2020, houve um aumento de 305% nas vendas de sua coleção de utensílios práticos para quem quer fazer reparos em casa — o que representa quase 3% do faturamento da empresa no Brasil.

Por isso, reunimos abaixo as ferramentas que você deve ter em casa:

EPIs

Antes de começar reparos e reformas, lembre-se dos equipamentos de proteção individual. Uma simples máscara, por exemplo, já te protege de aspirar poeiras tóxicas das construções, enquanto óculos adequados evitam que ciscos e farpas entrem nos seus olhos. Há também as luvas, que protegem as suas mãos e unhas. Os EPIs necessários vão depender do tipo de trabalho que você irá fazer. Em casos complexos, é melhor chamar um profissional especializado e se certificar que ele está protegido para aquela obra.

 

Martelo e chaves

Tipos de chaves para reformas: fenda, Philips e combinada (com bocas fixa e estrela) Tipos de chaves para reformas: fenda, Philips e combinada (com bocas fixa e estrela)

Tipos de chaves para reformas: fenda, Philips e combinada (com bocas fixa e estrela) (divulgação/Tramontina/C&C/Casa.com.br)

Há diversos tipos de chaves e, por isso, colocamos as principais na imagem acima para que você não se confunda. As chaves fixas (como a combinada, com um lado do tipo “estrela”), são indicadas para o manuseio de porcas e parafusos quadrados e sextavados.

As chaves Philips e de fenda são próprias para afrouxar e apertar parafusos. O martelo é útil, por exemplo, no momento de colocar e retirar pregos. Tentar substituir estas ferramentas em casa por facas e outros objetos cortantes é perigoso, pois, além do risco de um acidente, elas podem estragar os parafusos e pregos, dificultando a remoção deles.

Pincéis e rolos

Rolo de pintura

 (Unsplash/KJ Styles/Casa.com.br)

Os rolos são indicados para pintar superfícies lisas, como paredes e móveis, e os pincéis para reparos pontuais, como rodapés e cantos. No caso de pintura de paredes, você pode precisar de um rolo largo encaixado em um cabo, como o de vassoura ou rodo.

O material dos pincéis e rolos, como espuma e lã, também pode influenciar no acabamento da pintura. Escolher entre os dois depende do tipo de tinta que você irá usar e em qual superfície. Em paredes de alvenaria, os rolos de pelos são os mais indicados, enquanto os de espuma são adequados para a pintura de madeiras.

Tenha em mente que, se você quiser usar os pincéis e espumas novamente, precisará também de algum solvente para limpá-los. Em alguns casos, o valor do solvente é mais alto que o do próprio pincel, então pode compensar mais descartá-lo e comprar um novo.

Furadeira e parafusadeira

Parafusadeira E Furadeira a Bateria, da Wesco, na C&C Parafusadeira e furadeira com bateria, da Wesco, na C&C

Parafusadeira e furadeira com bateria, da Wesco, na C&C (divulgação/Wesco/C&C/Casa.com.br)

Estas ferramentas são indispensáveis no momento da colocação de prateleiras com mão francesa, objetos de decoração pesados ou grandes na parede, como redes de balanço. Afinal, com a furadeira você consegue fazer buracos precisos, e, com a parafusadeira, apertar de maneira prática os parafusos. Há versões modernas deste equipamento, que, além de unirem as duas funções, funcionam com bateria, eliminando a necessidade de ter uma tomada ou extensão elétrica por perto.

Trena

Jogo de Ferramentas com 29 peças Jogo de ferramentas com 29 peças, incluindo a trena, vendido na C&C

Jogo de ferramentas com 29 peças, incluindo a trena, vendido na C&C (divulgação/C&C/Casa.com.br)

As medidas corretas dos ambientes e móveis são fundamentais para evitar gastos desnecessários na sua obra ou reforma. Já imaginou comprar um guarda-roupas e, quando ele chegar, perceber que não é possível abrir nem fechar a porta do ambiente porque ele é mais largo que o espaço que você tem? Para não passar por esta frustração, tenha sempre em mãos uma trena e leve-a com você nas lojas para medir os materiais.

Plásticos e fitas

Em lojas de construção ou materiais de ferragem, você pode comprar metros de plástico para cobrir móveis e outras superfícies antes de pintar paredes. Vale também improvisar com jornais e revistas velhos que você tem em casa. Mas não deixe de fazer isso, pois, por mais cuidadoso que você seja com a pintura, a tinta pode escorrer, deixando manchas no chão e rodapés e pintinhas nos móveis.

 

Lixas

Algumas superfícies precisam ser lixadas antes da pintura. Existem diversos tipos de lixas, sendo que o número delas é chamado de grão. As lixas de 220 ou 240, por exemplo, estão entre as do tipo fina e são indicadas para o preparo de paredes antes da pintura. Já as de número 300 são ótimas para MDF.

Pote para parafusos e pregos

Gancho com garra para pendurar objetos em paredes do tipo drywall, da Fischer Gancho com garra para pendurar objetos em paredes do tipo drywall, da Fischer

Gancho com garra para pendurar objetos em paredes do tipo drywall, da Fischer (divulgação/Fischer/Casa.com.br)

Comprou um móvel e ele veio com parafusos e pregos extra? Ótimo: guarde-os em um pote, pois você nunca sabe quando irá precisar deles. E tenha sempre cuidado com o tipo de superfície que você pretende colocar pregos: paredes do tipo drywall, por exemplo, precisam de fixadores específicos.

Vale lembrar: regras de condomínio

Para quem mora em prédios, é bom ficar atento aos horários permitidos de carga e descarga de grandes volumes, barulhos de reformas e recebimento de prestadores de serviços. Grandes reformas que envolvem a área externa (como a varanda) e a estrutura do edifício também podem precisar de autorização — nesses casos, contate sempre a administradora do seu imóvel para evitar multas.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s