Casa Created with Sketch.

Reforma de banheiro: especialistas dão dicas para evitar erros

Dicas de materiais, planejamento e cuidados que você deve tomar antes de começar a obra

Planejar a reforma do banheiro não é tarefa simples, mas, geralmente, quando é considerada, os moradores já têm em mente os pontos que mais incomodam no ambiente e que precisam de mudanças. 

Escolher os materiais necessários, as texturas, o profissional que irá atuar, enfim, várias questões que precisam ser colocadas em pauta podem gerar um desgaste gigante. Para facilitar esse processo, falamos com os arquitetos Bernardo e Priscila Tressino, do escritório PB Arquitetura para esclarecerem as principais dúvidas sobre reforma de banheiro. Confira abaixo!

 (Henrique Ribeiro/Casa.com.br)

Quanto tempo leva para reformar um banheiro?

R: A obra dura, em média, uma semana. Isso com todos os materiais básicos e de acabamento já comprados. Mas claro, tudo depende da complexidade da obra. Quando há um quebra-quebra mais radical, costuma levar mais tempo. 

Quais mudanças podem ser feitas para otimizar o espaço no banheiro?

R: Armários e nichos embutidos vão super bem! Gostamos bastante de brincar com a marcenaria de forma que ela tenha um armário atrás do espelho, por exemplo.

Nicho de pedra embutido dentro de uma das paredes do box libera a área do banho, que muitas vezes, já é limitada. Colocar um suporte ou prateleira de shampoo pode atrapalhar a mobilidade.

E o contrário? Como decorar banheiros amplos?

R: Chamamos até de salas de banho. Esses projetos mais amplos aceitam banheiras de imersão ou hidromassagem, que podem ser duplas quando for pensada para um casal.

Bancadas grandes com duas cubas, penteadeiras com espelho iluminado para maquiagem, bancos, poltronas, tudo que torne o uso do banheiro mais prolongado para relaxar.

Quais materiais são mais indicados e quais são menos indicados para banheiros?

R: Recomendamos mais os revestimentos cerâmicos pelo melhor custo-benefício, durabilidade e praticidade. Para a pintura, a tinta epóxi a base de água é bem mais resistente ao vapor. Para as bancadas, materiais sintéticos como o quartzo, tem a mesma aparência do mármore com maior resistência a manchas.

Os materiais precisam ser apropriados para aguentar a umidade e a limpeza, sem deixar de lado a praticidade e a segurança, no que se refere aos possíveis acidentes com pisos escorregadios.

 (Henrique Ribeiro/Casa.com.br)

Cores para o banheiro: existe uma paleta ideal?

R: Não existe uma regra, porém, muitos clientes preferem seguir a linha do branco ou bege por dar uma sensação de limpeza.

Mas tem muitas opções lindas no mercado que podem dar destaque para uma parede 3D por exemplo, até as louças e metais coloridos. Inclusive, a marcenaria tem muitos acabamentos diferentes.

Passo a passo para reforma do banheiro

 (Henrique Ribeiro/Casa.com.br)

Antes de começar a reforma do banheiro, é importante levantar vários pontos para evitar qualquer problema durante a obra. Isso porque o local requer atenção redobrada, pois se trata de um espaço com diversas instalações hidráulicas. “Para o projeto, é necessário saber onde passam as prumadas de encanamento, quais serão mantidas e quais serão modificadas, além da parte de impermeabilização que precisará ser refeita”, afirmam os especialistas. 

Se sua reforma é para um apartamento, ela pode ser ainda mais limitada em razão do impacto que pode ocasionar nos vizinhos. E por isso, os arquitetos reforçam a importância de buscar profissionais que entendam a responsabilidade técnica e as intervenções. 

 (Henrique Ribeiro/Casa.com.br)

Um exemplo de reforma para trocar dar cara nova ao ambiente — e que não precisa de muito quebra-quebra — é incluir marcenaria, vidros, espelhos para banheiro ou revestimentos. Outro exemplo de mudança simples é trocar a bacia sanitária com válvula de descarga na parede por uma com caixa acoplada e fluxo reduzido. Ou então, trocar a torneira de mesa por uma de parede.

“O projeto é a ferramenta mais importante para estudar a viabilidade das mudanças, o tempo e o prazo de obra. Nesta etapa, é possível revisar o projeto de forma a atender as condições do cliente”, afirmam os arquitetos.

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.