Projeto promove a capacitação de mulheres na construção civil

O intuito da parceria entre a startup Fix e a ONG Mulher em Construção é qualificar mais mulheres no setor para a melhoria da moradia de participantes

Por Kym Souza 8 mar 2021, 18h30
Reprodução Mulher em Construção/Casa.com.br

A Fix, startup de serviços residenciais que atua no setor imobiliário, se uniu à ONG Mulher em Construção para transformar o cenário do mercado com relação ao gênero. Para cumprir com o objetivo de democratizar o espaço às mulheres no setor de construção civil, a Fix busca, além de incorporar essa filosofia dentro da empresa, já com 50% do quadro de colaboradores do sexo feminino, também é uma das patrocinadoras da ONG Mulher em Construção.

A organização visa capacitar mulheres para trabalharem na área da construção civil, com manutenção, reparos e abrir espaço a elas para o mercado de trabalho, já tendo capacitado mais de 5 mil mulheres nos seus 15 anos de atuação.

Reprodução Mulher em Construção/Casa.com.br

O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, é muito importante para ambos: é a data de aniversário dos 15 anos da ONG Mulher em Construção, e o aniversário de quatro anos da startup. Para celebrar, está sendo lançada uma campanha para arrecadação de recursos para o projeto Divas na Construção Civil, que pretende qualificar mulheres a gerarem renda por meio da construção, começando pela reforma das casas das próprias alunas do projeto. Em esquema de mutirão, elas aprendem juntas e aplicam o conhecimento para a melhoria da moradia de uma delas.

Reprodução Mulher em Construção/Casa.com.br
Continua após a publicidade

O projeto só começará quando houver a liberação das autoridades locais e seguirá todas as regras estabelecidas na prevenção da Covid-19.

Reprodução Mulher em Construção/Casa.com.br

“Estamos muito felizes por fazer parte de um projeto com tanto impacto. Nascemos com um propósito forte de transformação que guia cada iniciativa dentro da Fix, e decidimos priorizar a causa da Mulher em Construção dado o potencial gigante que tem, não só para cada mulher capacitada, mas para toda a sua comunidade”, aponta Thais Sterenberg, CMO da Fix.

Reprodução Mulher em Construção/Casa.com.br

Para ajudar no financiamento desse projeto, a ONG lançou a campanha Desconstruindo Preconceitos para Reconstruir Vidas, em que qualquer um pode fazer uma doação. Para ajudar a campanha basta acessar o site Mulher em Construção.

 

Continua após a publicidade

Publicidade