Casa Created with Sketch.

Integração e tons neutros são o segredo deste apê de 65 m²

As arquitetas do escritório Angá Arquitetura buscaram também trazer mais funcionalidade e praticidade para o lar

 (Carolina Lacaz/Casa.com.br)

Este apartamento de 65 m² localizado em São Paulo apresentava os ambientes originais segmentados e subutilizados devido a uma grande área voltada a serviços.

Com o desafio de trazer amplitude e otimizar os espaços para que o imóvel se tornasse mais funcional e prático para o dia a dia, as profissionais Gabriela Panico, Carolina Gurgel e Camila Caiuby, do escritório Angá Arquitetura, redesenharam a antiga planta. Elas focaram também em móveis funcionais e acabamentos de fácil manutenção.

 (Carolina Lacaz/Casa.com.br)

“O primeiro passo foi o redesenho da planta, eliminando algumas paredes e abrindo os ambientes. A cozinha foi integrada à sala e a delimitação desses ambientes se dá principalmente pela troca do revestimento do piso”, contam as arquitetas. 

A sensação de unidade continua a partir do ladrilho hidráulico, que se estende por todo setor de serviço, e da cozinha e da lavanderia, que se organizam em uma única bancada. “O drywall que delimita o nicho das geladeiras esconde o varal e a estante da despensa. Além disso, outro ponto importante nessa transformação foi a inversão do acesso do banheiro de serviço, permitindo a criação de uma suíte”, completam os profissionais.

 (Carolina Lacaz/Casa.com.br)

Além do remanejamento dos espaços, havia ainda outro desafio: como o morador estava se mudando para um apartamento menor, precisava de lugares para armazenar os seus pertences. Pensando nisso, as arquitetas fizeram um bom planejamento de marcenaria, que contribuiu também para a ambientação e setorização visual.

Na sala, um painel branco faz o fundo para a televisão mas também se revela como um móvel funcional: ao caminhar para a cozinha, ele se converte em uma estante que emenda nos armários do ambiente. 

Para o décor, foram escolhidos tons claros e materiais de fácil manutenção. A utilização do carvalho malva na marcenaria combinada com branco e tons mais creme nas paredes deixaram o apartamento mais claro e amplo, atendendo às solicitações do morador. Além disso, a brincadeira com inversão de cores auxilia também na definição dos espaços.

 (Carolina Lacaz/Casa.com.br)

O ponto de cor fica por conta do ladrilho hidráulico e do piso rosa queimado na cozinha e lavanderia. “Já nos banheiros, utilizou-se um porcelanato cimento queimado no piso e, para as paredes, as pastilhas trouxeram textura ao ambiente, que é predominantemente branco”, dizem as arquitetas.

Confira mais fotos na galeria abaixo:

* Via BowerBird

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.