Ele cria miniaturas incríveis do lugar mais populoso de Hong Kong

Joshua Smith gosta de trabalhar com áreas urbanas negligenciadas e que são um desafio para os olhos

Por Marcela De Mingo 13 nov 2017, 14h22

Joshua Smith gosta de miniaturas. E o seu carinho pelas réplicas da vida real é tão grande que ele fez disso o seu ganha pão: o artista australiano não só ficou reconhecido pelo seu trabalho com miniaturas, como também terminou o seu projeto mais ambicioso, uma versão mini da Temple Street de Hong Kong.

O projeto foi feito do zero. Joshua pensou em toda a escala de adaptação da versão real para a miniatura e criou o projeto inteiro sozinho com uma junção de materiais base, como madeira, plástico, papel cartão, giz pastel, tinta spray, arame e plastruc.

Com uma escala de 1:20, uma das réplicas mais marcantes foi inteira desenvolvida para a feira de arte VOLTA, que aconteceu em março deste ano. Kowloon é a área urbana mais populosa de Hong Kong, o que torna um verdadeiro desafio para o trabalho de Joshua.

O seu formato de miniaturas normalmente explora aspectos da vida urbana que normalmente são negligenciados, como ambientes que estão em decadência, poeira, graffiti e até cigarros descartados na rua. As réplicas são feitas pensando em imitar à perfeição à vida real, tudo através de uma observação bastante detalhada.

Continua após a publicidade

Publicidade