Casa Created with Sketch.

Construída no século 19, esta casa foi totalmente renovada, em Nova York

Sem perder as características originais, o imóvel passou por uma transformação para se adaptar ao estilo de vida contemporâneo

 (Adam Kane Macchia/Casa.com.br)

Esta casa, localizada no bairro de Clinton Hill, no Brooklyn, em Nova York, foi construída em 1867 no estilo imperial francês. Apesar de ser um imóvel espaçoso, com quatro andares, é modesto na vizinhança, cercada de mansões onde viviam os barões do petróleo e grandes empresários.

A casa foi o lar de uma família até meados do século 20, quando foi dividida em apartamentos menores. Em 1920, inclusive, uma enorme janela no estilo bay window foi removida para dar lugar a uma esquadria panorâmica, que vai do piso ao teto na sala. Em 2018, um novo proprietário arrematou o imóvel e convocou o escritório Indigo & Ochre Design para transformá-lo novamente em uma casa para uma família de cinco pessoas. 

 (Adam Kane Macchia/Casa.com.br)

O principal pedido dos novos moradores aos profissionais do escritório foi o de transformar os espaços em ambientes que tivessem a ver com o estilo de vida mais informal que temos hoje em dia. Por isso, a integração entre eles foi uma grande aliada. Os espaços abertos e interligados entre si, facilitaram a circulação e a convivência em família.

 (Adam Kane Macchia/Casa.com.br)

Eles também pediram uma decoração que tivesse um toque lúdico. E, para isso, formas e cores entraram em cena, tanto no mobiliário solto como na marcenaria e acessórios, para criar uma atmosfera mais despojada na casa. Apesar disso, elementos originais da arquitetura foram mantidos para preservar a história da construção.

 (Adam Kane Macchia/Casa.com.br)

As artes plásticas fazem parte da rotina da família, então tudo foi pensado para que os ambientes fossem práticos e permitissem que eles criassem suas obras juntos. Abaixo, foi montado um espaço com pia, onde eles podem deixar as tintas e lavar os pincéis. Para criar uma atmosfera criativa no espaço, os profissionais pintaram as paredes e o teto de um azul intenso, que se destaca do restante da decoração.

 (Adam Kane Macchia/Casa.com.br)

 

 (Adam Kane Macchia/Casa.com.br)

 

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.