Casa Created with Sketch.

Casa reúne arte e memórias familiares na decoração

A aconchegante Casa Barcas, com 450 m², teve os interiores desenhados pelo profissional Felipe de Almeida

Sala de jantar com tapete de linho. Teto em madeira. Janelas em madeira ao fundo. No centro, mesa de jantar com cadeiras de madeira.

 (Evelyn Muller/Casa.com.br)

A Casa Barcas foi pensada para ser a morada de uma família ligada ao mundo da arte e que gosta de preservar objetos e memórias familiares. Dos ambientes de receber, até os cantinhos de descanso, tudo precisava ser especial e valorizar o espaço de forma harmoniosa e bela. Foi essa a ideia que norteou o projeto de interiores do designer Felipe de Almeida para esta casa de 450m², em São Paulo.  

Sala de estar com pé direito duplo. Lustre rústico. Sofás e poltronas brancos com almofadas brancas e amarelas. Porta de vidro levando à deck externo

 (Evelyn Muller/Casa.com.br)

Como a família estava crescendo e precisava de um espaço maior, as principais mudanças estruturais se deram na área frontal da casa, pois o imóvel já contava com uma boa estrutura. A casa conta com três pavimentos, sendo no andar principal a área social, salas, biblioteca e cozinha; no superior os quartos e, no inferior, a área de serviço, brinquedoteca, lazer com piscina, sauna e jardim.  

Detalhe sofá branco com almofadas brancas e amarelas. Vaso com flores na mesinha ao lado e livros na mesa de centro. Luminária pendendo acima do sofá. Ao fundo, porta de vidro aberta levando ao deck de madeira. Rede pendurada

 (Evelyn Muller/Casa.com.br)

Nas escolhas para os Interiores, a tarefa foi unir os objetos de família com os novos itens, além dos diversos objetos de arte. Mas o grande desafio, segundo o designer, foi escolher as estampas e texturas que os moradores gostam na composição dos ambientes. Só na suíte do casal foram utilizados mais de 25 tecidos.  

Sala com piso em madeira. Poltrona azul com vaso de flores ao lado. Cristaleira em madeira ao fundo e ao lado grande pintura de mulher na praia no Rio de janeiro

 (Evelyn Muller/Casa.com.br)

Nas paredes, obras do artista Malferrari dão o tom para a decoração. Além disso, vários quadrinhos espalhados pela casa são pinturas de um livro de decoração escrito pela avó do morador, e que sua mãe acabou pintando em poesia e que, depois, virou um livro de família.  

Cama de casal com colcha florida e travesseiros azuis escuros. Estante em madeira na frente da cama. Ao fundo, papel de parede listrado e porta de vidro levando à varanda.

 (Evelyn Muller/Casa.com.br)

“É um projeto regado a arte, com a valorização do artesanato brasileiro e que promove o aconchego e a sofisticação sem ser pretensioso”, explica Felipe. Outros elementos que se fazem presentes são os naturais, como a palha, o sisal e o junco – na cabeceira das camas, mesas laterais, cestas e no piso, dando união ao décor para que tudo ficasse com um clima aconchegante. A suíte do casal foi decorada com tecidos em linho liso, flora, xadrez, listrado, couro e camurça.  

Escritório com estantes azuis cobrindo as paredes. Livros nas prateleiras. Sofá branco e listrado na frente da tv. Ao fundo, mesa com dois computadores e cadeiras de escritório

 (Evelyn Muller/Casa.com.br)

Outro ambiente a se destacar é a biblioteca / escritório, onde optou-se por inserir uma cor azul nas estantes levando vida ao espaço. O destaque se deu na união entre uma estante em estilo clássico e uma cor contemporânea. No piso, um tapete Kurdo (oriundo dos povos Kurdos que vivem em uma área dividida entre a Turquia, Iraque, Irã e Síria, denominada Kurdistão). “Foi um trabalho e tanto para encontrar este tapete, mas valeu a pena ver o resultado”, diz o designer.  Veja mais na galeria!

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.