Casa Created with Sketch.

As cores podem influenciar positivamente nosso dia

Durante a pandemia, pudemos experimentar uma relação mais próxima com as cores e essa tendência deve permanecer

Fachadas coloridas em Londres, clicadas pelo fotógrafo Gabor Estefan, do perfil @gaborestefan Fachadas coloridas em Londres, clicadas pelo fotógrafo Gabor Estefan, do perfil @gaborestefan

Fachadas coloridas em Londres, clicadas pelo fotógrafo Gabor Estefan, do perfil @gaborestefan (Gabor Estefan/Instagram)

Você já reparou por que cada um tem uma cor preferida? As cores nos transmitem sensações e, provavelmente, você escolhe um tom para chamar de seu porque ele te faz lembrar de algo bom. Esse é o poder positivo das cores. Vivemos isso na prática durante a pandemia, quando pudemos experimentar uma relação mais próxima com as cores, tanto na moda como na decoração.

A estampa tie-dye, hit dos anos 1970, foi a eleita de blogueiros e influenciadores para colorir os looks de quarentena. Por outro lado, muita gente resolveu pintar as paredes da casa para dar aquele up na decoração e criar uma atmosfera mais aconchegante, além de conferir leveza nos dias de isolamento.

Uma paleta de cores quentes e suaves em ambiente produzido pelo Note Design Studio

Uma paleta de cores quentes e suaves em ambiente produzido pelo Note Design Studio (Note Design Studio/Instagram)

Viu como as cores estão diretamente ligadas ao nosso bem-estar? Para saber mais sobre esses comportamentos e como serão as tendências desse universo daqui para frente, falamos com Chloe Frost, editora-assistente de cores e materiais na Stylus, uma empresa britânica de pesquisa de tendências. Confira abaixo!

As cores e a pandemia

Com o isolamento social, a comunicação digital tornou-se nossa janela para o mundo. Passamos a viver os dias fazendo tudo por meio das telas e isso gerou um novo tipo de comportamento. “As mídias sociais foram uma importante saída para as nossas conversas, autoexpressão e entretenimento. A partir disso, estamos rastreando as novas maneiras de como as marcas, criativos e consumidores estão respondendo a essa demanda com cores, seja por desafios virais diários, postando looks e maquiagens experimentais ou através de campanhas de marketing”, avalia Chloe.

Assim, as cores funcionam como um antídoto para os períodos de incertezas e ansiedades que estamos vivendo. Abaixo, um exemplo no espaço urbano. A designer Yinka Ilori criou um mural colorido com a frase “Dias Melhores estão chegando, eu prometo”, em apoio ao trabalho do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido no combate do coronavírus. Segundo a designer, a ideia foi usar cores calmantes, que aliviassem um pouco a dor, mas também trouxesse alegria nesse momento em que todos precisam.

 (Yinka Ilori/dezeen)

Com o objetivo de trazer mais otimismo para a nova rotina durante o isolamento social, em abril, foi lançado um desafio virtual que encorajava as pessoas a postarem seus looks coloridos do dia com a hashtag #instarainbowchallenge . A ideia virou um sucesso e, além de roupas, as pessoas também começaram a exibir cantinhos coloridos em casa.

Tendências na decoração

“As cores têm efeitos de cura psicológica e, portanto, podem ser usadas positivamente para impactar nossas emoções e bem-estar mental”, explica Chloe. Dessa forma, tons suaves e claros ajudam a acalmar e a restaurar, enquanto os mais vibrantes, podem nos energizar e revigorar. Então, leve isso em conta, na hora de escolher as cores novas para a sua casa e pense na atmosfera que quer criar.

Tons claros e aconchegantes, com um toque blush compõem este ambiente, assinado pela stylist holandesa Mamoesjka

Tons claros e aconchegantes, com um toque blush compõem este ambiente, assinado pela stylist holandesa Mamoesjka (Mamoesjka/Instagram)

Segundo Chloe, como estamos passando mais tempo em casa é natural que a gente reavalie o nosso espaço e acabe escolhendo cores calmantes, que são mais confortáveis e seguras. “Isso se reflete em uma paleta com tons claros, contidos, mas que ofereçam calor”, explica. Esse conceito pode ser traduzido em tons naturais, como os beges, terrosos, verdes e azuis.

Azul é uma cor revigorante e calmante que já é tendência no universo do décor e deve continuar em alta

Azul é uma cor revigorante e calmante que já é tendência no universo do décor e deve continuar em alta (2LG Studio/Instagram)

O futuro é colorido

Mas, e quando a pandemia passar? Será que vamos continuar nos expressando através das cores? Chloe acredita que as pessoas ficarão mais sintonizadas e expressivas com as cores no mundo pós-pandêmico. “Cores otimistas, como o brilho do arco-íris, serviram como antídoto durante a pandemia por causa de suas qualidades positivas, lúdicas e edificantes. Sabemos que podemos confiar nelas para incitar o alto astral e, assim, continuar a gravitar em torno delas em tempos de inquietação”, finaliza.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s