Esta artista cria esculturas lindas usando papelão

De personagens de filmes icônicos a sapatos funcionais, elas são surpreendentes

Por Luiza Cesar Atualizado em 1 nov 2021, 11h31 - Publicado em 31 out 2021, 19h00
Monami Ohno/Designboom

Monami Ohno, artista japonesa, com o apelido de ‘menina do papelão’, cria esculturas intrincadas a partir de caixas descartadas. 

Monami Ohno/Designboom

Inspiradas na cultura pop, animações e filmes, as peças de arte variam de criaturas, monstros e robôs; armas automáticas; relógios gigantes; sapatos realistas; minúsculos veículos extravagantes; e refeições e lanches fast-food. 

Monami Ohno/Designboom

A artista começa com um esboço aproximado de suas ideias no papelão – para ter uma primeira noção das dimensões – e então ela recorta o material e o molda com cola, às vezes usando água se necessário.

Veja também

Monami Ohno/Designboom

Monami fez curso em animação 3D na Universidade de Artes de Osaka, no Japão. Como ela não podia arcar com os custos extras dos projetos de aula, ela pensou no conceito de papelão – utilizando caixas que havia coletado – como uma ferramenta para concluir o curso com sucesso. 

Monami Ohno/Designboom

Após anos de prática, com cerca de 200 esculturas em seu portfólio, a arte de Ohno ganhou popularidade, com algumas de suas peças exibidas em galerias no Japão e no exterior. 

Monami Ohno/Designboom
Continua após a publicidade

Sua impressionante série de obras de arte detalhadas são todas construídas usando apenas uma tesoura, um cortador comum, régua, cola, fita adesiva e, claro, muita paixão. 

Monami Ohno/Designboom

A ‘menina do papelão’ deixa a cor natural e a textura da superfície intactas, para enfatizar o charme deste material de uso diário.

Monami Ohno/Designboom

Uma escultura com cerca de 10cm de comprimento, largura e altura leva cerca de 10 dias para ser realizada, enquanto uma seis vezes maior pode levar três meses. 

Monami Ohno/Designboom

Cada peça é formada por várias partes agrupadas de maneira intrincada, dando à artista a oportunidade de gerar formas e padrões múltiplos. 

Monami Ohno/Designboom

“Tentei fazer algo com as caixas. Descobri que o papelão é um meio surpreendentemente divertido de se trabalhar e, a partir daí, comecei a realmente criar com ele”, explica ela.

Veja mais trabalhos na galeria abaixo!

*Via Designboom

Continua após a publicidade

Publicidade