Elevador é envelopado por caixa multifuncional em apê paulista

Sem hall social, o elevador é incorporador à arquitetura da morada e seu entorno assume multifunções, tornando-se prático e estético ao décor

Por Alex Alcantara 4 mar 2020, 14h55
Ana Mello/Casa.com.br

No projeto deste apartamento de 180 m², localizado em Pinheiros (SP), a necessidade de reforma se dava pela reorganização dos espaços sociais, priorizando a integração dos ambientes e o melhor recebimento dos convidados. Para isso, os moradores contataram o escritório RAS Arquitetura, que reconfigurou o apê, deixando-o fluido e bem organizado.

Ana Mello/Casa.com.br

Partindo do princípio que o imóvel não possuía hall social, todo o projeto foi moldado ao redor da caixa do elevador, sendo ela também o destaque. “Retiramos as paredes, integramos os espaços e destacamos esse corpo, dando a ele uma função multiuso em uma composição com armários, painéis, rack e estantes por toda a sua volta. O desenho da nova caixa de madeira é reforçado pelas vigas, agora aparentes, com a retirada das paredes. Toda a marcenaria é limitada pela altura da viga”, explicam os profissionais.

Ana Mello/Casa.com.br

Sendo assim, na caixa do elevador ficam as funções de sala de TV, biblioteca, armários e estantes.

Ana Mello/Casa.com.br

A parede que separava a cozinha da sala de estar foi derrubada e um grande painel de madeira com portas de correr esconde ou revela o espaço, de acordo com a vontade dos moradores.

Continua após a publicidade

Ana Mello/Casa.com.br

A antiga sala de jantar, deu lugar a uma copa/office, um espaço agradável e de diversos usos.

Ana Mello/Casa.com.br

Na área íntima, o apartamento, que contava com três suítes, passou a ter duas, criando um amplo quarto com brinquedoteca e uma suíte master com walking-closet.

Gostou do projeto? Então navegue na galeria abaixo e veja mais fotos!

Continua após a publicidade

Publicidade