Casa Created with Sketch.

29º Opera Prima abre espaço para récem-formados de Arquitetura e Urbanismo

A disputa abriu as inscrições para universidades e recém-formados de 2017 e 2018 inserirem os artigos acadêmicos até o dia 6 de outubro

 (Divulgação/Casa.com.br)

Todo estudante universitário enfrenta ou vai enfrentar o temido TCC. Em algumas instituições o trabalho de finalização de curso acaba sendo mais tranquilo, e em outras, um tanto quanto complexo, mas todos passarão por ele e pela “assustadora” banca.

Depois desse passo, é só correr para o abraço e se formar. Mas acaba por aí? Com certeza não. Após essa etapa crucial da vida, vem a busca por um lugar mercado de trabalho e o reconhecimento profissional. E que bom seria se existisse algo que expusesse os trabalhos acadêmicos para um júri de renome do segmento, não é mesmo? Porém, isso para os profissionais de Arquitetura e Urbanismo existe!

Biblioteca-parque por Camila da Rocha Thiesen, do Metropolitano Arquitetos, vencedora do Opera Prima 2013.

Biblioteca-parque por Camila da Rocha Thiesen, do Metropolitano Arquitetos, vencedora do Opera Prima 2013. (Reprodução/Casa.com.br)

Trata-se do Opera Prima, um concurso nacional de trabalhos finais de graduação, que ocorre pela 29ª vez em 2019. A disputa abriu as inscrições para universidades e recém-formados de 2017 e 2018 inserirem os artigos acadêmicos até o dia 6 de outubro.

Todos os estados brasileiros podem participar e inscrever os projetos. Eles serão agrupados por cinco regiões, cada qual com cinco finalista, totalizando 25. Todas as etapas do concurso e regulamento podem ser conferidas clicando aqui!

Centro Ambiental da Pedreira por Bernardo de Andrade Horta, vencedor do Opera Prima 2013.

Centro Ambiental da Pedreira por Bernardo de Andrade Horta, vencedor do Opera Prima 2013. (Reprodução/Casa.com.br)

Os trabalhos serão avaliados por um júri (ainda não divulgado), e dentre os 25 finalistas regionais do 29º Opera Prima: cinco serão os vencedores nacionais do Opera Prima e um vencedor do Prêmio Especial Roca, no dia 20 de março de 2020.

Serão cinco Comissões Julgadoras Regionais, compostas por três titulares, arquitetos e urbanistas, que julgarão trabalhos de regiões diversas daquelas a que pertencem.

Para ficar por dentro do concurso e participar, basta acessar o site oficial do Concurso!

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s